Orem sempre, nunca desanimem.

“Orem sempre, nunca desanimem”, ensinou o Senhor Jesus Cristo.

Persistamos em nossas orações e súplicas, pois assim ensina o Mestre.

“Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava com os homens. E havia naquela cidade uma viúva que se dirigia continuamente a ele, suplicando-lhe: ‘faze-me justiça contra o meu adversário’.

Por algum tempo ele se recusou. Mas finalmente disse a si mesmo: ‘embora eu não tema a Deus e nem me importe com os homens, esta viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça para que ela não venha mais me importunar’ .

(…)

“Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar? Eu[, Jesus Cristo,] lhes digo: Ele lhes fará justiça e depressa.

Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?” (Lucas 18. 2-4, 7-8. NVI).

Há muitos tipos de justiça, mas a justiça feita é também a cura divina. Pois no final dela estamos reconciliados com Deus e por Deus.

A parábola fala da justiça no contexto dos acertos entre os homens, leva a pensar nas questões de relacionamento e dívida com o próximo. Mas ao que ela realmente aponta é para o fato de que existe Alguém do lado de lá da intercessão com poder para fazer justiça e que Ele fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele dia e noite, depressa, diferente do juiz impiedoso da parábola que por algum tempo se recusa a ouvir o clamor da viúva.

Contudo, ouçamos o que disse esse juiz injusto. Porque se um homem injusto faz justiça a alguém por causa da sua importunação, quanto mais o Deus todo-poderoso, justo e bom a fará e sem demora àquele que lhe suplica com fé dia e noite.

Justiça é quando a realidade da vida se realinha e harmoniza com o Espírito Santo de Deus. Justiça é mais do que compensação circunstancial: é a reconciliação e amizade da vida com o Espírito de Jesus Cristo. Justiça não é o amanhã utópico; justiça é o hoje na chegada do Reino de Deus. (Muito mais se pode e deve dizer sobre justiça, mas para esse texto basta dizer que justiça feita traz paz duradoura).

Deus fará justiça aos seus escolhidos depressa. Eles clamam a Ele dia e noite e Deus lhes faz justiça sem demora.

Deus não continuará fazendo seus escolhidos esperar. Deus ouve o seu clamor constante e os socorre prontamente fazendo-lhes justiça.

Quem são os escolhidos de Deus?

O texto não diz claramente, mas fala que eles clamam a Deus dia e noite. Os escolhidos de Deus, portanto, têm Deus como socorrista, são aqueles que buscam socorro da parte de Deus. Para os escolhidos de Deus, Deus é crido a ponto de se voltarem para ele esperando dEle a ação que produzirá a (necessária) justiça. Os escolhidos de Deus são os homens da fé e das orações sinceras e constantes.

Mas há fé em nosso coração para clamar a Deus por justiça dia e noite? Há fé em nosso coração para ter a certeza de que de Deus virá a nossa salvação, o nosso livramento, a nossa justiça, a nossa cura? Há fé em nosso coração para crer na Sua existência e pronta intervenção miraculosa definitiva?

Tenhamos a fé e a atitude semelhante à dessa viúva da parábola para clamar a Deus dia e noite sem cessar por justiça e, assim, conheceremos Deus e o Seu poder.

A oração constante e a fé resultam no conhecimento de Deus.

Conhecer a Deus é estar reconciliado com Ele. E isso é estar curado em fim.

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.

8 pensamentos sobre “Orem sempre, nunca desanimem.

  1. Deus que sua cura chegue até nós, plenamente, em corpo e em espírito. Certamente é Deus quem nos inspira, e só podemos falar daquilo que conhecemos. Admiro MUITO você. E seu texto é a lembrança que precisamos para os dias ruins – que são muitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s