Testemunhas da ressurreição

Conversei com minha esposa sobre esse próximo texto aqui para o blog e ela me falou para escrever sobre o que temos experimentado da parte de Deus.

Vocês sabem o que significa a palavra “apóstolo”?

Significa “testemunha enviada”.

Segundo a Bíblia, os apóstolos de Jesus Cristo foram os 12 discípulos e mais alguns outros, como o apóstolo Paulo e, os menos conhecidos, apóstolos Matias (cf. At 1.12-26), Andrônico e Júnias (cf. Rm 16.7).

O apóstolo Paulo nos ensinou que na igreja Deus estabeleceu em primeiro lugar os apóstolos, depois os profetas, os mestres, os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam em diversos idiomas (cf. 1Co 12.28). E disse que era sobre o fundamento lançado pelos apóstolos sobre a Pedra Angular ou o Alicerce que é o próprio Jesus Cristo (cf. 1Co 3.11) que se deveria construir o edifício da fé.

Apóstolo é quem dá testemunho da ressurreição que vem da parte de Deus.

A promessa bíblica é a de que ao homem que se voltar para Deus de todo o seu coração, alma e entendimento, e com todas as suas forças, ao homem que se arrepender de todo o seu pecado e retornar aos caminhos do SENHOR, Deus o resgataria do império da morte e o estabeleceria para sempre em uma boa terra onde manam leite e mel, Deus lutaria as suas lutas e traria vitória para ele sobre seus inimigos, Deus guardaria a sua casa e protegeria os seus bens, Deus pagaria a sua dívida de pecado e o adotaria como filho.

A expressão última e final dessa promessa bíblica é a vitória sobre a morte, a ressurreição.

O poder de Deus para o socorro do justo vence até a morte.

Quando um homem vê isso acontecer, quer dizer, quando ele se torna uma testemunha pessoal e ocular desse tipo de salvação e intervenção divina, então ele se torna um apóstolo de Deus.

A Igreja de Deus se assenta no ombro dos apóstolos de Jesus Cristo de todas as eras, que estão definitivamente apoiados no Apóstolo Supremo, Jesus Cristo, o Filho de Deus.

A tradição cristã é um vaso oco sem o testemunho apostólico em cada geração. Em cada geração Deus dá o seu testemunho por meio daqueles que passam pelo fogo da obediência até obterem o prêmio da salvação.

A diferença entre um fariseu e um apóstolo é que o primeiro se esconde atrás da tradição para continuar vivendo na desobediência, ele repete as falas do passado sem o caráter dos homens do passado. Por outro lado, o segundo atravessa o batismo verdadeiramente e nasce para a obediência sincera a Deus e por meio de um espírito santo, um espírito sem pecado, ele cria um novo mundo pelo poder do dedo de Deus.

Quando a minha esposa diz: “conte um pouco do que temos vivido da parte de Deus”, ela está dizendo: “dê o testemunho do nosso apostolado”.

Pense nisso: há um lugar onde se chega na vida a partir do qual se ganha autoridade para co-criar com Deus.

Quem se arrepende um pouco mais a cada dia, um dia tem algo para contar.

Deus intervém na história!

Vale a pena confiar em Deus!

O poder de Deus para favorecer o justo é incomparável!

Há ressurreição para aqueles que tiverem um espírito santo!

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s