Quando entrarem numa casa

“Depois disso o Senhor, [Jesus de Nazaré, o Cristo do SENHOR], designou outros setenta e dois e os enviou dois a dois, adiante dele, a todas as cidades e lugares para onde ele estava prestes a ir. E lhes disse:

(…)

Quando entrarem numa casa, digam primeiro: paz a esta casa. Se houver ali um homem de paz, a paz de vocês repousará sobre ele; se não, ela voltará para vocês.

Fiquem naquela casa, e comam e bebam o que lhes derem, pois o trabalhador merece o seu salário.

Não fiquem mudando de casa em casa” (Lucas 10.1-2a, 5-7. NVI).

Boa tarde a todos!

Como uma pessoa deve se mover na vida? Qual o caminho do SENHOR para um homem de bem?

Os filhos do Espírito do SENHOR se movem como agentes da paz e trilham o caminho que leva a esse tipo de restauração.

Se você é realmente de Deus, então não ousa entrar na casa de ninguém a não ser que seja para lhe transmitir a paz.

Se você não pretende promover a paz de uma casa, então também não deve entrar ali, porque os ladrões e os desrespeitadores não têm lugar no Reino de Deus e serão punidos por sua irreverência.

A casa das pessoas é para ser um santuário, um lugar de santidade e vida.

Trate a casa dos outros dessa maneira e se ali houver um homem de paz então a casa dele se tornará um lugar ainda mais santo e propício à vida eterna. Mas se, todavia, ali não houver um homem assim, então a sua justiça lhe retornará como um sopro de inspiração para que você mesmo e a sua casa se tornem um lugar ainda mais respeitável e maravilhoso de se habitar.

As casas existem ao redor de um culto interior. Há casas de desonra e outras de honra; casas consagradas à imundícia e outras à nobreza e à beleza da glória do SENHOR.

Nunca sabemos ao certo o que são as casas das pessoas até que nos aproximemos como agentes da paz.

Agora é necessário abrirmos os nossos olhos para o discernimento mais fundamental: trabalho é um coração batendo comprometido com o SENHOR.

Quando você presta culto desde o secreto do coração até o mais público dos seus atos ao SENHOR, então a sua presença de paz é dádiva e feito, é trabalho e vocação.

O mundo inteiro tem sede dos anjos, dos mensageiros da paz.

Se você é um anjo do SENHOR, então quando entrar em uma casa e for recompensado com alimento e graça, não os rejeite. Pois o seu arrependimento é trabalho e trabalho merece salário.

“Digno é o obreiro do seu salário”.

Se o amor do SENHOR habita ricamente em seu coração, então você é como uma tocha de luz e calor: merece salário por todo esse trabalho.

O salário é a honra da santidade. Quem é santo recebe tesouros e riquezas por isso no Reino de Deus.

Se você está fazendo o que é o Certo, então jamais passará fome, pois a mão de muitos anjos do SENHOR sempre o servirão.

De paz em paz. Da paz interior à paz exterior. Da paz com o SENHOR para a paz com os filhos do SENHOR.

Esse é o Reino de Deus, que era, é e há de ser eternamente.

Agora, se você for realmente bem recebido em uma casa, deve permanecer ali de todo o seu coração.

A infidelidade não cai bem ao cristão, pois o verdadeiro Casamento é sempre um milagre.

Ninguém tem o acolhimento verdadeiro em todas as casas, em todos os postos de trabalho, em todos os lugares do mundo. Cada vez que uma porta verdadeiramente se abre para você por causa do seu pacto com o SENHOR, então isso é um evento único, santo e oportuno para o bem.

Por isso, se você e a sua casa têm boa acolhida em alguma outra casa, em algum posto de trabalho ou em algum lugar do mundo, fique ali e não fique mudando de casa em casa. Pois apenas o SENHOR muda uma família de lugar e apenas o SENHOR conhece o que é o melhor para cada um de nós.

Confie no SENHOR. Deixe que ele lhe mostre o lugar onde ficar, trabalhar e crescer nesse momento especial da sua vida: haverá um encontro de paz ali onde o SENHOR lhe abrir uma porta verdadeira para o seu ministério familiar, profissional e missionário.

Deus ama muito, muito, muito você!

Você não está sozinho! Não desista do SENHOR por migalhas de companheirismo!

Faça o que é o Certo até a completa retidão!

A paz do SENHOR encherá os seus caminhos quando você à semelhança de Jesus, o Cristo do SENHOR, puder de coração dizer: “prefiro morrer de fome do que desonrar o Eterno Deus, o SENHOR”.

O SENHOR é bom e quando a sua misericórdia é derramada ela produz um efeito que dura para sempre!

Confie no SENHOR! Ele confia em você.

Abraços a todos.

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s