Espiritualidade, Neuroplasticidade e Amadurecimento Pessoal

Boa tarde a todos!

Hoje temos um vídeo sobre Espiritualidade, Neuroplasticidade e Amadurecimento Pessoal da Biola University Center for Christian Thought com o Dr. Curt Thompson, M.D., Psiquiatra e autor do livro Anatomy of the Soul: Surprising Conections between Neuroscience and Spiritual Practices that can Transform your Life and Relationships.

Ele fala sobre o efeito da mudança do foco de atenção para operar transformações no cérebro, valorizando terapêuticas como as práticas meditativas para modificar o modo como o cérebro está ligado.

A contribuição da Neurociência ajuda a compreender por que fazemos o que fazemos e como nos tornarmos capazes de mudar para melhor.

Sempre que pensamos em transformações psicológicas, estamos falando sobre Neuroplasticidade, ou seja, sobre jeitos de mudar o modo como nossos neurônios estão disparando. E o modo prioritário como conseguimos ativar essa capacidade é através do uso deliberado da atenção.

O Dr. Curt diz que “a atenção é o motor que puxa o resto do trem da mente”.

Se o nosso dia requer uma série de mudanças de foco de atenção enquanto transitamos de uma atividade para outra, a maioria dos problemas mentais estão relacionados com um foco de atenção fixo nas mesmas coisas que trazem prejuízos o tempo todo.

Se a minha vida terá que ser diferente, então terei que mudar o foco da minha atenção, o que, consequentemente, ativará a Neuroplasticidade no meu cérebro.

O exercício de respirar mais lentamente do que o normal, por exemplo apenas uma vez a cada 10s durante 15min, diminui a ansiedade, a pressão sanguínea e frequência cardíaca, mas também força a minha atenção a permanecer no momento presente e distante dos pensamentos habituais.

Isso se transforma em uma ferramenta à qual se pode recorrer durante o restante do dia e especialmente nos momentos quando se tende a responder a eventos estressores de uma maneira automática e danosa por causa do foco rígido em pensamentos prejudiciais.

Por outro lado, ele também fala sobre a importância do amadurecimento pessoal dos pais no processo de educação de filhos. Pois o que está em jogo na educação de filhos é a própria capacidade dos pais de compreender o seu próprio caminho de desenvolvimento pessoal e escolhas na vida.

Quanto capaz eu sou de elaborar meus próprios estados emocionais, memórias e traumas? Quanto sou capaz de experimentar cura e entendimento sobre essas coisas?

É à medida da capacidade que temos dessas coisas que somos capazes de auxiliar e manejar bem o que se passa na mente de nossos filhos. Especialmente no começo da vida deles, temos a tarefa de basicamente ajudá-los a regularem seus estados emocionais. E fazemos isso competentemente se somos capazes de regular e discernir nossos próprios estados emocionais.

A maior fonte de ansiedade não é tanto o fato de não conhecermos as coisas, mas de não sermos plenamente conhecidos por outros. E “não somos plenamente vistos até sermos vistos pelos olhos de outro ser humano” repete o Dr. Curt.

A boa notícia é que nunca somos velhos demais para fazermos mudanças e que a Neuroplasticidade pode ser ativada mesmo em idade avançada. “O potencial para a regeneração, a renovação, a mudança de mente e a reparação de rupturas é inesgotável”, afirma.

Tecnicamente, Neuroplasticidade quer dizer: (1) neurônios podem se regenerar e o cérebro pode criar novos neurônios; (2) neurônios podem crescer em diâmetro e em comprimento; e (3) neurônios podem aumentar o seu grau de conectividade com outros neurônios. Isso significa que nossa mente é capaz de fazer coisas surpreendentes mesmo depois de sofrer danos, inclusive algumas que pensávamos que ela jamais poderia voltar a fazer.

A relação da Neuroplasticidade com a Espiritualidade é que no cérebro nada muda sem que os neurônios mudem e as disciplinas espirituais, como jejum, confissão, oração, solitude, descanso sabático, imposição de mãos, etc., abrem nossa percepção para coisas importantes que nossa mente está discernindo, sentindo, evocando ou revelando, mas que no modo normal de vida estão sendo ignoradas e não alcançam a nossa plena consciência nem, consequentemente, realizam seu potencial de transformação benéfico. Com esse novo foco, porém, nossa mente passa a fazer coisas que não estava fazendo anteriormente, abrindo janelas para que se conectem funções mentais que antes estavam desligadas, favorecendo o surgimento de soluções e resoluções emocionais e práticas mais inteligentes e eficazes para o praticante.

Assim, temos aqui um pouco da fascinante relação entre Espiritualidade, Neuroplasticidade e Amadurecimento Pessoal.

Vale à pena conferir!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.

2 pensamentos sobre “Espiritualidade, Neuroplasticidade e Amadurecimento Pessoal

  1. Pingback: Promovendo a Ciência – Curados por Deus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s