Lendo a Bíblia

“Certa ocasião, um perito na lei levantou-se para pôr Jesus[, o Cristo do SENHOR,] à prova e lhe perguntou: ‘mestre, o que preciso fazer para herdar a vida eterna?’

‘O que está escrito na Lei?’, respondeu Jesus. ‘Como você a lê?’

Ele respondeu: ‘ame o SENHOR, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento e ame o seu próximo como a si mesmo’.

Disse Jesus: ‘você respondeu corretamente. Faça isso e viverá'” (Lucas 10.25-28. NVI).

Boa tarde a todos!

Sem dúvidas, a seção desse blog que mais gosto de escrever é essa daqui, Lendo a Bíblia.

Muito já foi dito sobre as verdades espirituais e a primazia do SENHOR, como o único Deus Verdadeiro. Mas com o texto dessa semana temos a chance de começar de novo, a chance de dizer o princípio de todos os começos para todo o homem de fé.

O que queremos da vida? Qual a esperança mais básica no coração de todo ser humano?

Queremos “Viver” com “V” maiúsculo.

A expressão “eterna” em “vida eterna” tem esse sentido primordial: vida eterna é a vida perfeita, a vida divina.

A pergunta lógica que se segue é: “como obtê-la?” E a resposta do crente é “faça como ensinam as Escrituras Sagradas”.

O caminho para a vida eterna não está velado, oculto, selado. Basta levar à sério o Espírito do SENHOR, o Deus Eterno, ou melhor, amar esse espírito de santidade.

Amar de todo o coração…

Amar de toda a alma…

Amar de todas as nossas forças…

Amar de todo o nosso entendimento…

É preciso amar o SENHOR Deus de todo e com tudo.

Amar aquele sob o jugo de quem me coloco voluntariamente todo dia. Acatar o seu comando com zelo, alegria e prazer. Meditar nos seus preceitos até encontrar o seu espírito essencial, dando lugar a ele em meu próprio corpo e voluntariedade.

Paradoxalmente, submeter-me ao SENHOR Deus Eterno é o mesmo que amar-me a mim mesmo e de todo o coração. Não existe cuidado eficaz e maravilhoso sobre mim mesmo que não represente uma aceitação direta e completa a algum dos perfeitos mandamentos do SENHOR Deus.

Os nós da minha vida, sejam doenças, prejuízos, dívidas, vícios ou ruínas, são todos causados por algum ponto em minha pessoa que ainda não se submete à bondosa e preciosa Lei do SENHOR Deus, o Espírito Santo. Por essa razão que a plena felicidade começa com o amor ao SENHOR Deus, pois quem ama a si mesmo é somente aquele que aprendeu a amar o verdadeiro Deus.

Depois que a Justiça de Deus entrou no meu corpo, então, com olhos bondosos e perfeitos, passo também a enxergar o meu próximo e a vislumbrar o valor divino que ele tem e nasceu para ter.

Amar ao SENHOR Deus tem tudo a ver com amar a mim mesmo. E amar a mim mesmo tem tudo a ver com amar as outras pessoas, especialmente as outras pessoas que estão mais próximas de mim.

Quando você se alinha com o Deus Certo, então naturalmente se alinha com a Lei Eterna que vê o valor potencial de cada ser humano.

Eu quero a vida eterna… Você quer ela também?

“Não matarás… Não adulterarás… Não darás falso testemunho contra o seu próximo… Não cobiçarás… Não terás outros deuses além de mim… Guarda um dia para o descanso completo de todos os trabalhos da sua vocação… Sê misericordioso com o fraco desamparado… Sê justo com aquele sobre quem você tem poder para machucar… Lembre-se dos órfãos e das viúvas, e de todo aquele que não tem meios práticos para se defender e que precisam de ajuda…”

Todo o caminho só nos leva a algum lugar se nos dispomos a percorrê-lo.

Quando damos o primeiro passo, na porta de casa, na direção da China, não estamos ainda na China e nem mesmo próximos de onde queremos chegar. Mas não há outro jeito de se chegar lá a não ser começando a nos mover na direção da terra que nos foi prometida como herança.

Jesus, o Cristo do SENHOR, disse a verdade: “se você guardar a Lei do SENHOR Deus, seu Espírito Santo, seu Espírito de Santidade, então um dia será Feliz”.

Pense nisso. Ore ao SENHOR Deus. E ponha-se a caminhar na direção da retidão absoluta.

Somente aqueles que tiverem fé entrarão na Terra Prometida.

Pense nisso!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s