Como as suas emoções modificam a forma do seu coração

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que perseverando juntos na unidade e amor que procedem de uma vida santa!

Hoje vamos aprender com o Dr. Sandeep Jauhar, médico cardiologista e autor, que explora nesse vídeo os misteriosos caminhos pelos quais nossas emoções impactam a saúde dos nossos corações, fazendo com que mudem de formato em resposta ao sofrimento ou medo, literalmente quebrem em resposta à emoção de um “coração partido”, e nos chamando a uma mudança no modo como cuidamos desse órgão vital.

“Um registro da nossa vida emocional está escrita em nossos corações”, diz ele.

Essa TED Talk aconteceu em julho de 2019, em Edimburgo Escócia, durante o TED Summit.

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, editor.

PS: na próxima semana pretendo inaugurar a nova seção “Filmes inspiradores”.

Pleasing

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que já tenham aprendido a separar os seus olhos e ouvidos exclusivamente para o SENHOR Deus! “Louvor somente a Deus!”

Hoje vamos ouvir as vozes do maravilhoso coral The Brooklyn Tabernacle Choir cantando a belíssima música Pleasing.

In all I do I want to honor You!

Sejam abençoados!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, músico cristão.

A mulher e o lar

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que descobrindo um pouco mais a respeito da singularidade do propósito do SENHOR Deus para cada um de vocês!

Gostaria de lhes falar hoje aqui um pouco sobre a beleza de ser mulher.

O que acontece quando a mulher deixa o lar? O lar fica sem a mulher.

Mas o que isso quer dizer de fato? Por que encorajamos a consagração da mulher ao seu lar?

Homens e mulheres são totalmente diferentes, seus poderes e interesses fazem com que não possam se substituir mutuamente.

Embora o culto contemporâneo ensine as mulheres a odiarem a sua feminilidade e buscarem se transformar a ponto de competir em igualdade com os homens, esboçando um comportamento caricaturado que as degenera profundamente, uma mulher jamais será feliz agindo como se fosse um homem e negligenciando o seu chamado divino à edificação da família e serviços no lar.

A mulher foi criada pelo SENHOR Deus com poderes e interesses nobilíssimos: é ela quem pensa na pessoa do marido; quem sem importa com as necessidades das crianças; quem zela pela higiene e bom ambiente doméstico; quem se preocupa com o alimento de todos; etc. É a mulher quem veste a família e a socorre cotidianamente, conversando e mantendo unidos todos aqueles que importam para os seus amados.

Nenhum homem fica forte de verdade sem o cuidadoso trabalho espiritual da sua esposa, que o ouve e ajuda a ver os caminhos do SENHOR Deus para a aplicação da sua fortaleza.

Quando a mulher abandona a sua casa, então a casa é arruinada, pois homem nenhum tem o espírito e o talento para edificá-la no lugar de sua mulher.

Uma mulher só pode deixar o seu lar se colocar outra igualmente consagrada no seu lugar, mas ainda assim, terá que carregar o ônus da sua ausência, pois sua singularidade não se realiza pelas mãos de outros.

Por isso, acredito que a mulher só deve sair do lar temporariamente, porque seu marido e filhos precisam mais dela do que ela possa imaginar.

O SENHOR Deus tem um modo de nos mostrar o que fazer de modo que até nossos períodos de ausência e negligência podem se tornar em marcos memoriais, que nos fazem ter fé e perseverar na justiça em tempos futuros de grande adversidade.

A lição da experiência é a seguinte: o drama da vida de uma mulher é o destino de suas famílias, seu marido e filhos. Essa é a sua cruz, o fardo escolhido pelo SENHOR Deus para que se manifeste o Reino do SENHOR Deus.

Se você foi longe demais, seguindo o culto desse mundo, considere a possibilidade de se arrepender e retornar ao lar.

Suas famílias precisam de você, seu marido e seus filhos também.

Para nascer para uma nova vida é preciso morrer para a antiga.

Deixe o Espírito do SENHOR Deus (“não matarás”, “não adulterarás”, “honra teu pai e tua mãe”, “guarda o sábado para santificá-lo”, etc.) lhe guiar, para que o seu Pai Celestial possa lhe mostrar o que e como fazer para retornar ao seu lar e cumprir perfeitamente a sua divina vocação.

Eu acredito em vocês! Eu acredito em milagres!

Tenham uma boa semana!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, homem de dores.

Massagens podais

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que deixando de fazer coisas que lhes fazem mal, corajosamente!

Hoje vamos falar aqui um pouco sobre massagens nos pés.

Nos pés estão terminações nervosas e vasculares que tiveram origem em quase todas as partes do nosso corpo, dizem os especialistas. Por esse motivo, ao tocá-los estamos tocando também a pessoa como um todo.

Um toque bom, pensando em efeitos terapêuticos, não é erótico nem agressivo, esotérico nem mágico. Antes, para ser mesmo terapêutico precisa ser manso, cuidadoso, casto, respeitoso, sensível e progressivo.

Um toque terapêutico nos pés manda para todo o corpo um sentimento agradável de relaxamento e bem-estar que fazem com que esse tipo de cuidados seja mesmo a profissão de alguns.

O que tenho a acrescentar a esse entendimento, como psicólogo corporal, é que também a realidade subjetiva ganha novos patamares a partir dessas experiências profundas de reconciliação.

Massagens nos pés nos devolvem ao lar. Estar em mim mesmo, estar comigo mais perto.

Depois de massagens nos pés nossa capacidade de ver e ouvir nossa alma aumenta e ganha espaço na nossa agenda de tarefas mais uma vez.

Acredito mesmo que esse tratamento, quando bem executado, favorece o movimento para a vida que é facilmente desacelerado pelo estresse, cobrança, preocupação e competição.

Com toques terapêuticos excelentes nos pés a multiplicação das células boas parece se tornar mais fácil enquanto a eliminação de toxinas e outras substâncias nocivas ganha um novo vigor.

O problema da massagem nos pés ou em qualquer outra parte do corpo é: será que serei tocado da maneira certa, aquela que produz benefícios reais?

Uma pesquisa rápida no Google com a palavra chave “massagem” traz tanta nudez, insinuações, quando não menções explícitas a práticas sexuais, ou uma densa nuvem de misticismo e conteúdo religioso que rapidamente a pessoa de bem desiste de se aproximar da massoterapia.

Hoje eu sei o quanto importante é receber e dar toques terapêuticos.

Recomendo a massagem nos pés na família como um poderoso antídoto a depressões, crises de ansiedade, distúrbios do sono, transtornos alimentares, impulsos suicidas, fobias e solidões.

Após uma massagem doméstica, você ainda pode estender as suas mãos sobre seu familiar e dizer a ele as melhores palavras de esperança e fé que você consiga desejar para a sua vida, como um toque final imbatível!

Vá a uma perfumaria da sua confiança, peça para ver cremes de massagem, cheire algumas opções e deixe o seu nariz escolher o produto que vai levar. Volte para casa e, quando estiverem se preparando para dormir, proponha uma atividade diferente: hoje vamos fazer massagens nos pés.

Tenho certeza de que esse aprendizado trará frutos eternos para você e sua família.

Não precisa apertar com força e o melhor é começar bem de levinho. Sem expectativas de fogos de artifício nem curas instantâneas, persista nesse caminho o quanto puder. Mesmo sem ver, saiba que o toque bom pode muito em seus efeitos. Com ele, você e sua casa avançarão para um novo patamar de intimidade e comunhão, e a uma saúde mental verdadeira.

O toque certo pode mudar a sua vida para melhor!

Boa semana!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, psicólogo corporal, CRP 06/89471.

Uma vida coerente

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que de certo modo renovados pelo espírito do Natal, pois de fato não estamos sozinhos, mas a índole de Jesus está no meio de nós!

Hoje vamos ler as Escrituras Sagradas mais uma vez. Que o SENHOR Deus nos dê a sua Palavra, em nome de Jesus, o Cristo, amém!

“Nesse meio tempo, tendo-se juntado uma multidão de milhares de pessoas, ao ponto de se atropelarem umas às outras, Jesus começou a falar primeiramente aos seus discípulos, dizendo: ‘tenham cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia” (Lucas 12. 1. NVI).

Hipocrisia é negligenciar o chamado à coerência com a vida verdadeira para ganhar alguma coisa, privilégios mundanos, ou evitar algum desconforto, perseguições aos Filhos de Deus.

Hipocrisia é saber a verdade, mas agir em favor da mentira.

Hipocrisia é aceitar o pecado e condenar a justiça.

A única coisa que ameaça o povo santo é a tentação à impureza. Dinheiro, poder e fama são os ingredientes que acendem a tentação de trazer para a mesa de comunhão os espíritos imundos, que contaminam a alma.

Mas o SENHOR, Deus Altíssimo, faz separação entre os homens e não tolera a maldade.

Paciência é a misericórdia divina para com aquele que está em processo de arrependimento e aprendizagem. Os erros do inexperiente são perdoados à luz do futuro de justiça que ele alcançará.

Por sua vez, o chão da existência é o fato de que os frutos da justiça são todas as coisas boas pelas quais sonha o coração e os frutos do pecado são a condenação e o juízo, o que mais teme o coração.

Não substitua a paz com o SENHOR Deus pela aparência de sucesso. O rico segundo o mundanismo é pobre e está morto. Vida, valor e prosperidade estão longes daquele que oprime o seu irmão.

Dinheiro sujo não pode ser lavado. Ele tem que ser devolvido para que o roubo seja perdoado.

É fácil dar ordens aos outros quando se assenta sobre as riquezas de todos. Mas difícil e árduo é o caminho daqueles que na pobreza se responsabilizam pela sã doutrina e pelo bem estar do seu irmão.

Os fariseus, os hipócritas, baterão de cara no terrível não do SENHOR Deus. “Nunca te conheci, jamais te acolherei”. Serão condenados por todo o mal que causaram à sua nação.

A Lei do SENHOR Deus está explícita e traz a cura para os que a recebem. Mas os Filhos de Deus sofrem muitas coisas, são rejeitados pelos chefes dos sacerdotes, líderes religiosos e mestres da lei, chegam a ser mortos, mas três dias depois ressuscitam e recebem uma herança imperecível.

Mergulhe comigo no mistério dos Ungidos do SENHOR Deus… Abandone a hipocrisia e sofra ao meu lado as dores da justiça, da prática da justiça.

Sem violência, mas com poder. Sem dano ao próximo, mas com generosidade, misericórdia, bondade e graça.

Resista ao hipócrita e à hipocrisia que tentam existir dentro de você.

Permaneça simples… Puro… Transparente… E cheio de fé, esperando pela recompensa e pela vingança que descem do trono do SENHOR Deus Altíssimo.

Hoje é dia de cura, milagre e salvação!

Caminhamos para um novo e lindo 2020!

Obrigado por orar por mim e minha família!

Eu e minha casa serviremos ao SENHOR Deus!

Feliz Ano Novo!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, homem religioso.

Abre a janela

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que conscientes da importância e relevância de darem tempo e ouvidos às suas crianças.

Hoje vamos assistir a um vídeo infantil da Rebeca Nemer, esposa do Paulo César Baruk, abordando o tema da hospitalização e tratamento médico.

“Tenho feito terapia, terapia intensiva. Não pode faltar o amor, o amor que gera vida”.

Que o SENHOR Deus abençoe a sua vida e família!

Eu acredito em milagres!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, músico cristão.