Na sopa do neném

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que aproveitando o domingo como se fosse sábado, descansando, cultuando e comungando!

Hoje temos aqui mais um vídeo de música infantil chamado de Sopa, produzido pelo Palavra Cantada.

Nesse trabalho delicioso aprendemos que o humor das crianças deve ser cultivado. Precisamos ensinar nossos filhos a imaginar, a dar risadas do que seria um piolho no lugar de um repolho na sopa.

Escarnecimento, zombaria e escárnio são pecados, comportamentos que separam o homem do SENHOR Deus. Mas a alegria de perceber o bom humor, de exercitar a imaginação e rir sinceramente de situações engraçadas, são ingredientes imprescindíveis para a integridade e divindade de um ser humano.

Você tem rido com seu filho? Proposto brincadeiras e jogos com risadas amorosas?

Você consegue rir espontaneamente ou sua alegria também foi podada pela violência?

Engraçado não é a desgraça alheia, mas a beleza perfeita da inteligência do homem. Somente corações bondosos conseguem salgar com pitadas de bom humor nossos corações entristecidos.

Tão importante quanto chorar é rir.

Adore ao SENHOR Deus!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, músico cristão.

Ainda que eu ande pelo vale da morte

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que despertos na alma, conscientes do privilégio da vida!

Hoje vamos ler aqui mais um trecho das Sagradas Escrituras. Que o SENHOR Deus nos dê a sua Palavra, em nome de Jesus, o Cristo, amém!

“Nesse meio tempo, tendo-se juntado uma multidão de milhares de pessoas, ao ponto de se atropelarem umas às outras, Jesus começou a falar primeiramente aos seus discípulos, dizendo:

(…)

Não se vendem cinco pardais por duas moedinhas? Contudo, nenhum deles é esquecido por Deus. Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais!” (Lucas 12. 1a, 6-7. NVI).

Toda a ação do homem precisa de um motivo espiritual. Algo que justifique o esforço, uma razão para ação.

Antes de nos achegarmos ao SENHOR Deus, o argumento iniciador das nossas ações é sempre o medo. Agimos apenas para evitar o pior.

A dor é encarada como o inimigo, bem como a perda. E caminhamos de “defesa em defesa”, mesmo quando ela é egoísta, cruel e injusta.

Vejam o exemplo da Frozen da Disney: para “proteger” sua irmã Anna, Elsa deixa de se relacionar com ela e lhe corresponder o afeto. Quanto mais fechada Elsa está, mais gelada ela se torna; quanto mais isolada ela se coloca, maior o dano que traz sobre toda a comunidade.

A música que toca a banda divina é de notas harmônicas, suave confiança e sincera bondade.

E se eu lhe dissesse hoje que tudo vai ficar bem? Que está tudo acontecendo como precisa acontecer? Que a sua vida é preciosa e cheia de valor eterno, que jamais será desperdiçado, esquecido nem desonrado pelo SENHOR, o Único e Todo-poderoso Deus?

Nem mesmo os passarinhos são esquecidos pelo SENHOR Deus! Como ele poderia deixar de cuidar de você, a obra-prima de toda a Criação?

Receba um golpe de vida eterna: você é a razão de ainda estarmos aqui! Pois sua contribuição ainda não terminou e o Reino do SENHOR Deus precisa desse toque único e poderoso que somente a sua vida poderá dar à edificação do Lar dos lares!

Sua vida é indestrutível enquanto ainda subsiste para a glória e a alegria do Reino do SENHOR Deus!

Absolutamente frágeis, absolutamente fortes.

Não olhe para os líderes religiosos, nem para os chefes dos sacerdotes, nem para os mestres da lei! Não olhe para os donos da terra, da voz nem da polícia!

Olhe para o SENHOR Deus, você nele é coisa divina!

Temam ao SENHOR Deus para não terem medo de mais nada nessa vida!

Você vai continuar, vai subsistir, vai cumprir a plenitude dos motivos que o trouxeram à vida, mesmo que morra de Covid-19!

Olhe ao seu redor, respire os ares desse domingo sabático e santificado. Você não veio à vida para ser prostituído em nenhum sentido. Não tenha medo! Você vale muito mais do que muitos pardais!

“Nunca o deixarei! Jamais o abandonarei”, diz o SENHOR a você que parou de se debater contra a voz da sinceridade, pureza e felicidade.

Se você é mulher, seja apenas uma mulher e tenha fé!

Se você é homem, seja apenas um homem e tenha fé!

Você já foi equipado com as armas de defesa e ataque para o combate da sua vida!

Hoje é um dia de renovação como nunca houve anteriormente: o SENHOR Deus é com você!

Vamos começar de novo, recomeçar direito juntos aqui?

A paz do SENHOR Deus Eterno seja com todos vocês! Ele não se esquece de nós, os simples.

Não espalhem nem participem de calúnias nem deem falso testemunho contra o seu irmão. Palavra da Salvação.

Eu estarei com vocês!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, homem religioso.

Amor Lapidado, Princess Cut

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que mergulhando fundo na experiência de habitarem na presença uns dos outros, pois a oportunidade de ser e estar com a família também é temporária e maravilhosamente cheia de propósitos eternos!

Hoje temos aqui mais uma sugestão de filme para a edificação da sua família, o Amor Lapidado (Princess Cut), dirigido por Paul Munger, contando com o elenco de Ashley Bratcher e Rusty Martin, de 2015.

O filme trata da difícil tarefa de encontrarmos nosso cônjuge e realizarmos nosso casamento com ele pelos olhos de uma jovem moça, seus pais e irmãos.

Seguir ao SENHOR Deus é muito mais do que termos hábitos religiosos. O importante é estabelecermos uma relação de confiança e sincera submissão com o Espírito Santo do SENHOR, a Lei de Deus, em todas as circunstâncias e para todos os propósitos.

Nosso corpo, vida íntima e sexualidade somente trazem prazer verdadeiro quando procedem da “alegria do SENHOR”. Os caminhos do Altíssimo e somente eles realizam os desejos do nosso coração, pois nenhuma outra alternativa permanecerá para sempre.

Sem o SENHOR Deus caminhamos de decepção em decepção, violência em violência, infelicidade em infelicidade, frustração em frustração.

A dor de fazer hoje o que é o certo, desligando-nos de todos os relacionamentos desonrosos, será totalmente esquecida no momento em que formos coroados com a “alegria do SENHOR” em um casamento abençoado, casto e santo.

Toda a nossa família participa da construção desse momento misterioso e mágico, que transforma duas pessoas em uma só por meio do casamento abençoado e verdadeiro.

Assistam esse filme mil vezes! Papai, mamãe, irmãos! Adultos e jovens solteiros!

Eu acredito em vocês!

Eu acredito em milagres!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, pai de família.