Psicologia da Saúde

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que crescendo em unidade e no conhecimento dos propósitos únicos que os fazem pessoas especiais!

Hoje estamos aprendendo com outros. Vamos assistir a um vídeo introdutório da Psicologia da Saúde (Health Psychology) da Dra. Deborah Tate, psicóloga de saúde, publicado pela Psychology: Science in Action, da American Psychological Association (APA).

Em um mundo cada vez mais suportado por novas tecnologias, temos os esforços desses profissionais da Psicologia para integrar ciência e cuidados humanos, aplicando princípios psicológicos através da tecnologia, criando programas cada vez mais eficazes e acessíveis para a nossa geração.

Aproveitem o vídeo!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, editor.

 

Encontro positivo da Psicologia com a fé

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que estejam bem, crescendo em discernimento e coragem para crer no SENHOR Deus!

Hoje temos aqui uma palestra maravilhosa da Dra. Andrea Gurney, Ph. D., psicóloga, professora e autora, sobre o ponto de encontro da Psicologia com a fé cristã. Seu trabalho é profundamente informado pelas pesquisas mais avançadas no campo da Psicologia, enquanto sua espiritualidade caminha pela autêntica submissão e confissão ao Cristo das Escrituras, Jesus, e seu Deus, o SENHOR.

O melhor da Psicologia brota do coração dos justos filhos de Deus; o melhor da fé cristã produz bençãos para aqueles que procuram compreender e obter a poderosa saúde mental.

O site da Dra. Gurmey é andreagurney.com . Ela mora em Santa Bárbara, Califórnia, com seu marido e duas filhas.

Aprendam com ela! Excelente psicóloga, genuína mente cristã.

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

 

Self-care, cuidando de si mesmo

Boa noite a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Que a graça e a paz do SENHOR Deus sejam com todos os que se arrependem do mal e praticam o bem!

Hoje temos um vídeo da Biola University – Center For Christian Thought, uma palestra da psicóloga Alexis Abernethy, professora da Fuller School of Psychology, sobre a importância do auto-cuidado espiritual, emocional e psicológico no florescimento da vida cristã.

Embora o vídeo não tenha sido feito com a melhor qualidade (ele não mostra os slides que a professora projeta), ele propõe um bom começo para uma reflexão saudável sobre a nossa postura para com nós mesmos, antes de tudo o mais.

Certamente que nossas melhores conquistas estão intimamente relacionadas com encontrarmos o tempo certo para o respeito e a apreciação pela pessoa que somos, além da compreensão equilibrada de nossas reais necessidades básicas, bem como a boa disposição em supri-las.

Você só realiza o extraordinário caso se trate bem em níveis muito básicos.

Crueldade para consigo transborda em crueldade para com o próximo. Misericórdia para consigo é o caminho para a empatia e doação para com o próximo.

Lembrando sempre que toda a forma de indulgência a qualquer forma de pecado nunca é igual a amar-se ou tratar-se bem ou respeitar-se. Não! Amar a si mesmo de verdade é amar tudo o que transborda de mim quando faço pazes definitivas com o SENHOR Deus, submetendo-me à sua Lei até o ponto da encarnação do Santo Espírito.

Amor a mim mesmo em última análise é aprender e disciplinar minha alma até o ponto de fazer do SENHOR Deus o meu Senhor, pois só encontro a profunda realização da minha alma no momento em que o SENHOR Deus Reina sobre mim.

Aprecie a reflexão da psicóloga Alexis e que o SENHOR Deus abençoe as suas novas escolhas!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

Interpretando o sofrimento

Boa noite a todos!

Hoje temos um vídeo da Rosemead School of Pychology, com a Dra. Elizabeth Hall, Psicóloga, falando sobre três maneiras como podemos interpretar o sofrimento do ponto de vista psicológico cristão.

Em primeiro lugar, o sofrimento é um resultado natural da prática de pecados. “Desobediência dói”, diriam os meus pais, em suma.

Em segundo lugar, o sofrimento é um fogo que refina o caráter. Não existem grandes homens, sem grandes adversidades, adversários e provações para purificá-los e fortalecê-los. Apenas a oposição é capaz de nos exercitar a tenacidade e a perseverança nos caminhos da justiça e do bem.

Em terceiro lugar, o sofrimento é a única experiência capaz de alterar nossa visão de mundo. Da arrogância do inexperiente para a humildade do ancião, não existe um outro modo de ajustarmos as lentes do nosso discernimento, senão através dos dolorosos acontecimentos da vida. Não há ganho de perspectiva, nem sabedoria universal, sem a travessia do mar revolto ou do deserto solitário. Até que a nossa condição humana, vulnerabilidade, dependência do SENHOR Deus e interdependência, tenha nos alcançado em cheio, podemos permanecer alienados em pensamentos estreitos e irreais.

Como é difícil encontrar bons materiais de Psicólogos para essa seção “Aprendendo com outros”.

Aproveitem o excelente material!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.