Uma vida coerente

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que de certo modo renovados pelo espírito do Natal, pois de fato não estamos sozinhos, mas a índole de Jesus está no meio de nós!

Hoje vamos ler as Escrituras Sagradas mais uma vez. Que o SENHOR Deus nos dê a sua Palavra, em nome de Jesus, o Cristo, amém!

“Nesse meio tempo, tendo-se juntado uma multidão de milhares de pessoas, ao ponto de se atropelarem umas às outras, Jesus começou a falar primeiramente aos seus discípulos, dizendo: ‘tenham cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia” (Lucas 12. 1. NVI).

Hipocrisia é negligenciar o chamado à coerência com a vida verdadeira para ganhar alguma coisa, privilégios mundanos, ou evitar algum desconforto, perseguições aos Filhos de Deus.

Hipocrisia é saber a verdade, mas agir em favor da mentira.

Hipocrisia é aceitar o pecado e condenar a justiça.

A única coisa que ameaça o povo santo é a tentação à impureza. Dinheiro, poder e fama são os ingredientes que acendem a tentação de trazer para a mesa de comunhão os espíritos imundos, que contaminam a alma.

Mas o SENHOR, Deus Altíssimo, faz separação entre os homens e não tolera a maldade.

Paciência é a misericórdia divina para com aquele que está em processo de arrependimento e aprendizagem. Os erros do inexperiente são perdoados à luz do futuro de justiça que ele alcançará.

Por sua vez, o chão da existência é o fato de que os frutos da justiça são todas as coisas boas pelas quais sonha o coração e os frutos do pecado são a condenação e o juízo, o que mais teme o coração.

Não substitua a paz com o SENHOR Deus pela aparência de sucesso. O rico segundo o mundanismo é pobre e está morto. Vida, valor e prosperidade estão longes daquele que oprime o seu irmão.

Dinheiro sujo não pode ser lavado. Ele tem que ser devolvido para que o roubo seja perdoado.

É fácil dar ordens aos outros quando se assenta sobre as riquezas de todos. Mas difícil e árduo é o caminho daqueles que na pobreza se responsabilizam pela sã doutrina e pelo bem estar do seu irmão.

Os fariseus, os hipócritas, baterão de cara no terrível não do SENHOR Deus. “Nunca te conheci, jamais te acolherei”. Serão condenados por todo o mal que causaram à sua nação.

A Lei do SENHOR Deus está explícita e traz a cura para os que a recebem. Mas os Filhos de Deus sofrem muitas coisas, são rejeitados pelos chefes dos sacerdotes, líderes religiosos e mestres da lei, chegam a ser mortos, mas três dias depois ressuscitam e recebem uma herança imperecível.

Mergulhe comigo no mistério dos Ungidos do SENHOR Deus… Abandone a hipocrisia e sofra ao meu lado as dores da justiça, da prática da justiça.

Sem violência, mas com poder. Sem dano ao próximo, mas com generosidade, misericórdia, bondade e graça.

Resista ao hipócrita e à hipocrisia que tentam existir dentro de você.

Permaneça simples… Puro… Transparente… E cheio de fé, esperando pela recompensa e pela vingança que descem do trono do SENHOR Deus Altíssimo.

Hoje é dia de cura, milagre e salvação!

Caminhamos para um novo e lindo 2020!

Obrigado por orar por mim e minha família!

Eu e minha casa serviremos ao SENHOR Deus!

Feliz Ano Novo!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, homem religioso.

O desespero do culpado desmascarado

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que provando da doce paz que brota da corajosa obediência ao SENHOR Deus.

Hoje vamos ler aqui mais um trecho das Escrituras Sagradas. Que o SENHOR Deus nos dê a sua palavra, em nome de Jesus, o Cristo de Deus, amém!

“Quando Jesus saiu dali, os fariseus e os mestres da lei começaram a opor-se fortemente a ele e a interrogá-lo com muitas perguntas, esperando apanhá-lo em algo que dissesse” (Lucas 11. 53-54. NVI).

A Lei do SENHOR Deus não é arbitrária nem foi acrescentada posteriormente, mas é natural e válida desde o princípio de todas as coisas.

A arbitrariedade e oportunismo nasceram com o espírito farisaico, quando homens e mulheres desobedientes na essência se apoderaram momentânea e astutamente dos sinais da bênção do SENHOR Deus, desvirtuando, perseguindo, roubando e amaldiçoando traiçoeiramente os legítimos filhos do Deus Excelso.

Está escrito:

“Então [Jesus] começou a ensinar-lhes que [é] necessário que o filho do homem [sofra] muitas coisas e [seja] rejeitado pelos líderes religiosos, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da lei, [seja] morto e três dias depois [ressuscite]” (Marcos 8. 31. NVI).

Também está escrito:

“Digno é o cordeiro que foi morto de receber poder, riqueza, sabedoria, força, honra, glória e louvor!” (Apocalipse 5. 12b. NVI).

Esse é o panorama da vida de todo aquele que crê no SENHOR Deus e se arrepende de todo o pecado.

Filho do homem sou eu e você, e todos seremos rejeitados, perseguidos e combatidos, se avançarmos puramente em uma aliança verdadeira com o Santo e Digno Deus.

O problema do justo é que ele não aceita suborno e, ao fazê-lo, torna clara a corrupção do que lhe propõe o mal.

“Eu e minha casa serviremos ao SENHOR” é a declaração mais poderosa e ameaçadora, contra aqueles que sacrificaram a sua consciência participando da mesa do Diabo.

Quem é que será morto e três dias depois ressuscitará? Jesus ou todo cristão?

Se você permitir que o Altíssimo grave a sua Lei em seu coração, você será morto e três dias depois ressuscitará.

Se você atravessar o mesmo batismo pelo qual o Senhor Jesus passou, também será digno de receber poder, riqueza, sabedoria, força, honra, glória e louvor.

O Espírito Santo é a Lei do SENHOR Deus.

A desobediência perseguirá a obediência, mas, como as varas dos magos do Egito transformadas em serpentes, será engolida pelo poder do Reino de Deus, a vara de Moisés, que era, é e será eternamente.

Ser castigado por praticar o mal não é ser perseguido por causa do Reino de Deus, que é ser castigado por escolher e permanecer no bem.

Tenho uma firme crença de que sempre há espaço para alcançarmos um degrau mais profundo na conquista do nosso arrependimento. Pois a cada dia o conhecimento do SENHOR Deus aumenta e ilumina a pista daqueles que nasceram de novo para o Reino de Deus.

Você não é uma flecha perdida, lançada para o acaso, um acidente inconveniente, nem uma aberração.

Você é a resposta do SENHOR Deus a uma das importantes fomes da sua geração.

Se você colocar em primeiro plano de prioridade a Santidade do SENHOR Deus, então realizará no tempo perfeito as curas, os sinais e os prodígios que testemunharão a respeito do Reino de Deus.

Não jogue a sua integridade na lata do lixo.

Aceite a sua responsabilidade como homem ou mulher consagrado ou consagrada a Deus e se afaste das más companhias, das suas casas de culto profano e das suas obras malignas.

Entenda que estamos em guerra até que a maldade traga ao mundo o definitivo juízo do SENHOR Deus. Pois todo o sangue inocente será vingado.

Entregue a sua fragilidade ao Pai Celestial, seguro de que ninguém abreviará os seus dias, pois o propósito do SENHOR Deus, que o criou, completamente se cumprirá.

Os hipócritas serão destruídos eternamente.

Eu acredito em vocês! Eu acredito em milagres!

Boa semana!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, homem religioso.