Glossário

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que cultuando ao SENHOR Deus, fazendo renovar em seu coração a esperança de que o desfecho da vida do Senhor Jesus também será o nosso, caso andemos pelo caminho que ele andou!

Gostaria de lhes falar hoje aqui um pouco sobre algumas palavras-chave para entendermos as Escrituras Sagradas corretamente.

A palavra mais problemática e importante da Bíblia é “Lei”.

No Antigo Testamento, ela é exaltada a cada versículo, porque é a expressão máxima da vontade e domínio do SENHOR Deus.

Dentro da Arca da Aliança temos três objetos que simbolizam a totalidade da aliança do homem com o SENHOR Deus, sendo: a vara de Moisés/Arão, por meio da qual todos os atos de juízo e livramento do povo de Israel se tornaram realidades; o jarro com o maná, a prova de que o SENHOR Deus sempre sustentará os seus, haja o que houver; e as tábuas das Lei de Deus, com os 10 Mandamentos eternos.

Assim, a relação do homem com o SENHOR Deus passa necessariamente pelos atos poderosos de juízo e livramento do Senhor, pela provisão sobrenatural ao povo e pela santidade de cada homem.

Mas nas cartas do apóstolo Paulo, no Novo Testamento, a palavra “Lei” recebe uma conotação negativa e contrária à índole das demais Escrituras.

Isso acontece assim porque Paulo recebeu como “Lei de Deus” a tradição farisaica, ou seja, a falsa tradição judaica, que, inclusive, o inclinava à perseguição e assassinato dos sinceros e pacíficos Filhos do SENHOR Deus.

A tradição farisaica ou falsa tradição judaica prescrevia muitos comportamentos cerimoniais no lugar da autêntica obediência aos Mandamentos de Deus. Assim, pessoas extremamente pervertidas eram tratadas como se fossem justas, gerando um mal-estar profundo em todos e uma degradação significativa que conduzia os adeptos da religião ao assassinato de Cristo e dos Cristos, a perseguição dos homens bons.

Por isso, para encontrar a expressão “Lei de Deus” nos discursos do apóstolo Paulo, você precisa procurar pela expressão “Espírito Santo”, pois é esse o espírito daqueles que obedecem à Lei do SENHOR Deus.

A cadeia de palavras mais importante das Escrituras Sagradas é: a Lei do SENHOR Deus, no Antigo Testamento, é o Espírito Santo, nas cartas do apóstolo Paulo, que proclama a chegada do Reino de Deus ou dos Céus, nos 4 Evangelhos.

A mensagem de Jesus, o Cristo, é que o Reino de Deus ou dos Céus chegou, está aqui, está próximo. Isso quer dizer que o SENHOR Deus está e continuará eternamente reinando sobre os reinos dos homens, e que nada será capaz de impedir a realização da sua vontade.

Quando você se arrepende de todo o pecado, voltando-se para a obediência à Lei do SENHOR Deus, então seu espírito passa a ser o Espírito Santo do SENHOR Deus e o seu chamado celestial será atendido.

Você foi criado para realizar algo muito especial! Isso acontecerá somente se você deixar toda a mentira e praticar toda a verdade.

A tese do apóstolo Paulo na sua carta aos filipenses é a de que se a humildade e obediência de cada um de nós for semelhante à de Jesus, o Cristo, então a mesma hiper-exaltação, glorificação física e moral, e empoderamento que ele recebeu, também acontecerão conosco.

O nome do jogo eterno é arrependimento, obediência e fé, que são o amor.

O fermento dos fariseus é a hipocrisia. Mas o trigo do pão celestial é a fidelidade.

Deixe bater e cair na escuridão das coisas que ignoramos a velocidade e a adrenalina do enganador. Volte a um estado de paz profunda, prontidão para o culto aceitável e obediência sincera, como os heróis do Cristo, Jesus.

Não à covardia; não à incredulidade; não à depravação; não ao assassinato; não à imoralidade sexual; não à feitiçaria; não à idolatria; não à mentira!

Eu e a minha casa não precisamos ler as Escrituras Sagradas mil vezes, com velocidade e glutonaria. Basta as lermos moderadamente, com entendimento e sinceridade de culto, pois o SENHOR Deus nos aconselhará.

Abandone hoje o seu pecado. Fuja das coisas que o fazem tropeçar. Talvez o nível da sua prisão espiritual seja grande demais para você conseguir sair dela sozinho. Nesse caso, saiba que o SENHOR Deus lhe enviará ajuda: cônjuge, amigos, terapeutas, etc.

Tome hoje a decisão pela obediência genuína, haja o que houver. E então você verá o juízo e o livramento do SENHOR Deus, a provisão sobrenatural a todas as suas necessidades e uma nova mente, espírito e coração, marcados pelo Espírito Santo, a Lei do SENHOR Deus em sua vida.

Gosto muito do SENHOR Deus, mais do que todas as coisas. Porque ele é bom e cuida de todos nós.

Hoje é um dia de esperança!

A paz do SENHOR Deus a todos vocês!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, homem de dores.

O nome de Deus é misericórdia

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que estejam vivos por meio de Cristo, renascidos pelo sopro do SENHOR Deus.

Gostaria de lhes falar hoje aqui um pouco sobre a natureza do SENHOR Deus.

Nesse mês que passou, junho/julho de 2019, tivemos nosso carro furtado na porta de casa. Onde moramos não temos garagem no prédio, de modo que nosso carro costumava ficar estacionado ali. O furto trouxe grande transtorno a todos nós, mas um telefonema prometia uma solução imediata: uma funcionária do seguro do carro disse que tínhamos direito ao usufruto de um carro reserva.

Aceitamos o “presente” e no dia seguinte já estávamos com o veículo novo. Três dias adiante, porém, tivemos esse segundo carro furtado também no mesmo lugar.

No dia anterior ao segundo furto eu tinha resolvido com minha esposa: “Cibele, amanhã nós vamos devolver esse carro reserva, pois não podemos garantir a segurança desse carro também”. Mas na manhã do dia seguinte, ele já havia sido levado. Que agonia!

O nosso carro, na verdade, carro da empresa do meu pai, será reembolsado pelo seguro, mas o furto do carro da locadora implicou o pagamento de uma franquia de R$2.000,00. Que desgraça!

Quando, contudo, fui falar na locadora que a polícia havia localizado o carro deles próximo ao endereço do furto, no mesmo dia em que o evento ocorreu, fui acolhido de uma maneira especial naquele lugar. O homem, funcionário da locadora, vendo a minha angústia, ofereceu-me um copo de água de tal maneira que então eu chorei. Disse para aquele homem que não tinha o dinheiro para pagar por aquela franquia e ele respondeu que intercederia em meu favor para que pagasse apenas pelos danos ao carro e prometeu me ligar para uma vistoria conjunta, quando o carro chegasse.

A verdade é que ele não me abateu nenhum centavo nem nunca me ligou para aquilo. Mas essa situação toda me fez redescobrir uma verdade fundamental: o nome do SENHOR Deus é misericórdia.

Se você quer saber onde habita o Deus Eterno, o Todo-poderoso, ele pode ser encontrado ali onde começa a misericórdia no coração humano.

Misericórdia é quando você faz algo em favor do outro porque ele é um outro ser humano. Perdoar dívidas, prestar serviços excelentes, oferecer descontos significativos e suficientes, compartilhar do seu pão como se o outro também fosse parte da sua própria família… Misericórdia é o nome do Deus de Abraão, Isaque e Jacó; misericórdia é o nome do Deus de Israel; misericórdia é o nome do Deus de Jesus de Nazaré, o Cristo.

O único espírito que acerta nos domínios espirituais é a misericórdia que opera através do amor. Aquilo que a misericórdia não consegue alcançar e converter para o SENHOR Deus, será então destruído em fogo eterno. Mas tão grande salvação é promovida na face da terra por seu intermédio!

Já lhe falei que o dinheiro que você ganha lhe é dado gratuitamente? Por mais que você trabalhe, possua contratos com firma reconhecida e legalizados pelas leis da nação, disponha de poder de polícia a seu favor, você só recebe cada centavo porque gratuitamente o SENHOR Deus Eterno assim lhe provê.

Por essa razão que todo o orgulho é ilegítimo.

Mas o homem fiel teme o seu Pai Celestial. Quando ele está diante de outro ser humano, ele teme e treme, pois está diante de feitura de Deus, dignificada e prestigiada pelo amor e zelo do Deus Criador.

Misericórdia, misericórdia, misericórdia… O SENHOR Deus está ali onde você é e faz por genuína misericórdia.

De graça recebemos, de graça também entregamos. Não se deixe enganar, tudo no mundo acontece por meio de misericórdia que é abençoada pelo Deus Pai.

Toda arrogância é esmigalhada em pouco tempo. O ímpio só dura um breve instante e o homem cruel não mais existirá.

Não deixe que a violência dos homens se apegue ao seu próprio espírito. É melhor perder agora e por um breve instante, do que ser contado entre os violentos dessa geração.

Deixe-se encher pelo Espírito Santo: escolha a misericórdia no trato de si mesmo e dos outros, de todos os outros.

Eu acredito em milagres!

Tenha uma excelente semana!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo amador.