Preparação pré-cirúrgica

Bom tarde a todos! Como estão vocês e suas famílias?

Gostaria de lhes falar hoje aqui um pouco sobre o uso da psicoterapia corporal em preparações pré-cirúrgicas.

A psicoterapia corporal do Projeto Terapêutico Toque Divino consiste em uma abordagem psicoterapêutica que se utiliza de toques terapêuticos, produzindo benefícios físicos e psicológicos simultaneamente.

Por exemplo, vemos o tônus muscular dos pacientes gradativamente sendo modulado de maneira equânime: regiões hipotensas voltando a ter tensão homeostática e regiões hipertensas também. Além disso temos observado que aqueles que recebem toques terapêuticos costumam ter a circulação dos líquidos do corpo e a regulação da produção hormonal favorecidos.

Por outro lado, o trabalho corporal geralmente produz um efeito psicológico positivo, pois as memórias emocionalmente significativas estão ligadas a processos corporais de modo que o desenvolvimento psicológico deixa suas marcas no nosso corpo. Assim, mediante os toques terapêuticos e à escuta psicoterapêutica temos verdadeiras revoluções do ser: muitos alcançam a libertação de graves bloqueios emocionais/psicológicos.

Quando nos aproximamos do momento em que nos submeteremos a um procedimento cirúrgico, muitas coisas passam dentro do nosso interior: geralmente temos a dor, que não raramente já estamos carregando há algum tempo; temos a ansiedade por estarmos às portas de uma experiência nova que pode dar certo ou não; e por fim temos que lidar com o medo da morte, pois nenhuma intervenção desse tipo é totalmente segura.

Hoje em dia a Medicina funciona muito bem graças às novas tecnologias de recursos anestésicos, de modo que somos postos para “dormir”, para nada ver, sentir nem atrapalhar. Mas a verdade é que estamos lá e sofremos de fato todo o dano do procedimento cirúrgico.

Meu pai é Médico e cirurgião obstétrico. Ele me ensinou que é de praxe administrar medicamentos antiácidos após procedimentos cirúrgicos nos pacientes porque a “luta” cirúrgica gera muitíssimas tensões, defesas corporais.

Por causa dessas coisas a psicoterapia corporal pré-cirúrgica ganha um valor excepcional.

Pacientes que são tocados adequadamente e conduzidos em um processo psicoterapêutico anterior ao procedimento cirúrgico acabam se tornando mais aptos a receberem bem a cirurgia, os anestésicos e demais medicações; oferecem menos resistência física a essa intervenção; geralmente sangram menos; e tendem a se recuperar melhor de todo o acontecido.

Em muitos casos recomendo a preparação pré-cirúrgica com a psicoterapia corporal que pode ser administrada no dia da cirurgia, mas também no mês anterior à data marcada. De 1 a 4 sessões psicoterapêuticas corporais podem fazer toda a diferença para o paciente e a equipe médica.

O que temos em mente ao intervir antes da cirurgia marcada é zelar pela vida do paciente e abençoá-lo para sua melhor possibilidade de passar por aquilo que está por vir.

Eu acredito profundamente na psicoterapia corporal! Ela não é tudo, nem oferece garantias de vida, mas é uma excelente parceira para a busca da saúde e da saúde mental!

Obrigado por ouvir!

Atenciosamente,

Dr. Rafael Caldeira de Faria, Psicólogo Corporal, CRP 06/89471, e o Fundador do Projeto Terapêutico Toque Divino.