Repartir purifica

Boa tarde a todos!

A graça e a paz da parte de Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, para todos os que celebram o seu Reino!

Como vão vocês e suas famílias? A Cibele hoje disse que “família é um senso de missão comum”.

Hoje vamos ler as Escrituras Sagradas mais uma vez. Que o SENHOR Deus nos dê entendimento sobre o que está escrito, em nome de Jesus, o Cristo, amém.

“Então o Senhor [Jesus] lhe disse: ‘vocês, fariseus, limpam o exterior do copo e do prato, mas interiormente estão cheios de ganância e maldade. Insensatos! Quem fez o exterior não fez também o interior? Mas deem o que está dentro do prato como esmola e verão que tudo lhes ficará limpo” (Lucas 11.39-41. NVI).

A realidade humana é que estamos ligados uns aos outros. O que acontece ao seu vizinho também lhe diz respeito, assim como o que acontece a você igualmente implica a mim.

Como já disse anteriormente, fariseu é aquele que está no topo, aquele que estabelece as leis, aquele que se beneficia em primeiro lugar dos atos de todos os outros. Fariseu é o dono da cultura e dos costumes de todo o povo, aquele que antes de todos os outros recebe os benefícios do nosso sistema econômico, ordem política e estrutura religiosa.

Fariseu é um homem que faz carinha de justo, observando apenas às suas próprias regras humanas, enquanto cobiçam e arrancam, com ganância, tudo quanto podem, perpetuando toda a forma de maldade como se seus caminhos fossem justificados por falarem em nome do SENHOR Deus.

O único jeito de ficar limpo é repartindo o alimento até que nenhum de nós tenha sido deixado com fome.

Mas justamente o processo de se tornar um fariseu é inverso a essa justiça, pois o aspirante a uma cadeira religiosa precisa passar por um sistema de crenças que o ensina a tirar um pouco do pobre, hoje e sempre.

A verdadeira religião se faz nas trincheiras da mútua sensibilidade e solidariedade. Minhas esposa disse “família é uma missão em comum”, o que quer dizer que família é quando todos começam a trabalhar em favor do suprimento dos nossos e da remediação das fontes de dores em nosso meio.

Fariseu não obedece aos mandamentos do SENHOR Deus, ele apenas cria argumentos para justificar seu próprio estilo de vida insensível e impassível.

Uma igreja se justifica ao proporcionar respostas de bondade e misericórdia aos mais fracos e vulneráveis no nosso meio.

Comida, educação, saúde, emprego, trabalho, dinheiro, descanso… De quê precisamos agora? Posso enxergar a mim como eu e você juntos?

Ninguém foi condenado por Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, apenas esses: os gananciosos e maldosos.

Ontem estava conversando com uma pessoa muito especial que me perguntou: “você acha que a doença tem a ver com pecado?” Eu disse que sim, mas não do modo como outros a tinham desprezado e condenado. Acredito que de nossos pecados nascem as nossas doenças, mas apenas o perverso de coração será condenado.

A maioria de nós sofre no corpo consequências de pecados que não tiveram origem em nós, somos inocentes aos olhos do SENHOR Deus, enquanto temos a oportunidade de aprender um arrependimento mais profundo e significativo, enquanto lutamos de corpo e alma pela nossa cura divina.

“Deem o que está no prato como esmola e vejam como tudo lhes ficará limpo”.

Eu acredito em milagres!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

Cura divina

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que estejam bem e esperançosos, pois o Senhor Jesus, o Cristo do SENHOR, logo vem nos visitar carregando a cura em seus abraços!

Gostaria de lhes falar um pouco hoje aqui a respeito da cura divina.

Embora esse blog seja o Curados por Deus, muito poucas vezes eu falei explicitamente sobre a cura que provém de Deus, mas espero inspiração pelo Espírito Santo para fazermos isso hoje aqui.

O SENHOR Deus cura? Como ele cura? Quando ele cura? Qual o custo dessa cura?

Talvez o maior sinal da reconciliação de um homem com o SENHOR Deus seja que quando finalmente nos acertamos com o Altíssimo as enfermidades já não conseguem mais prosperar em nós nem a morte encontra motivos justos para nos reter.

Cura divina é saúde física, mental e espiritual; é quando o Espírito do SENHOR de fato passa a proceder da nossa própria alma como se fôssemos um receptáculo e fonte da sua gloriosa presença e majestade.

A cura divina não é o começo da jornada de fé, mas a herança confirmadora de que alguém de fato trilhou o caminho estreito e apertado do arrependimento, em um voto de confiança sincero para com os mandamentos daquele que é Deus, o SENHOR.

O modo primordial como o Soberano cura é levantando os olhos daquele que sofre para o Cristo pendurado na cruz. A conversão das más escolhas espirituais para a vida eterna se dá nesse momento único quando o castigo que me era devido é totalmente infligido no justo Filho de Deus por amor a mim, para me dar uma segunda chance de vida e paz no Reino do SENHOR Deus.

Desde a eternidade a liberdade para conhecer o pecado e a maldade carecia de uma substituição vicária, pois o fruto do pecado é a morte. Por essa razão a graça do SENHOR sempre atuou através do derramamento do sangue de um cordeiro sem defeitos. Mas o sacrifício de animais não era poderoso para anular a dívida espiritual dos homens, servindo apenas como um memorial à consciência, uma lembrança de um evento futuro: o SENHOR providenciará a justiça para os crentes. E assim tudo aconteceu, conforme o testemunho das Escrituras Sagradas.

“Mas ele foi traspassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe a paz estava sobre ele e pelas suas feridas fomos curados” (Isaías 53.5. NVI).

Quantos de nós precisamos ainda de um toque mais profundo da maravilhosa cura do SENHOR Deus? Você quer ser curado tanto quanto eu?

Vícios, doenças físicas e/ou mentais, traumas, feridas, compulsões, distrações, degenerações, vergonhas, culpas, mentiras… O Deus que Cura pode fazer novo tudo de novo.

O custo da cura divina é a sua firme determinação em obedecer ao SENHOR Deus, mesmo sem sentir resultados e/ou conforto imediatos. O SENHOR Deus vai curar você, se você abandonar suas práticas pecaminosas, suas más companhias e seus projetos pervertidos. Uma mente nova e novos olhos iluminados de bondade são o benefício de uma aliança viva e verdadeira com o Supremo Deus, o SENHOR.

Há nódulos que regridem, vícios que ficam impotentes, sentenças de morte que são ignoradas… O SENHOR Deus pode todas as coisas.

Suas lágrimas serão contadas pela sinceridade do seu retorno aos caminhos do SENHOR Deus.

Alguns esperaram por 8 anos, outros 15, mas aqueles que se dispuseram a entrar na presença do Altíssimo com suas súplicas e petições foram curados até a origem dos seus pensamentos maus.

O SENHOR Deus é bonito e seu processo de cura, o tratamento da alma, é justo e oportuno. Ninguém que alcançou a legítima cura divina reclama do tempo e da dor da luta com o Espírito Santo. Todos reconhecem que foram justos, oportunos e breves os dias da sua disciplina celestial.

Não seja como uma criança mimada, nem como um maledicente incrédulo. Seja como um herói da fé.

Comece a falar e agir como se já tivesse sido curado por Deus. Antecipe o dia do seu milagre vivendo de maneira irrepreensível na presença do Santo Filho de Deus.

O tempo para o alívio e o frescor da sua cura está próximo, pois o Reino do SENHOR Deus está próximo.

Submeta-se ao Rei, pare de pecar, confessando toda a iniquidade até que ela nunca mais atue em você.

Eu confio no SENHOR Deus! Bem vindo à cura divina!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

A verdadeira sabedoria

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Que o amor de Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, penetre o seu lar e corações!

Hoje vamos ler as Escrituras Sagradas mais uma vez. Que o SENHOR, Deus Eterno, nos dê entendimento a respeito da sua palavra. Em nome de Jesus, amém.

“Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo falou e a multidão ficou admirada. (…) [Mas alguns deles] o punham à prova (…).

Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: (…)

A rainha do Sul se levantará no juízo com os homens desta geração e os condenará, pois ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão e agora está aqui quem é maior do que Salomão. (…)

Ninguém acende uma candeia e a coloca em lugar onde fique escondida ou debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no lugar apropriado, para que os que entram possam ver a luz.

Os olhos são a candeia do corpo. Quando os seus olhos forem bons, igualmente o seu corpo estará cheio de luz. Mas quando forem maus, igualmente o seu corpo estará cheio de trevas. Portanto, cuidado para que a luz que está em seu interior não sejam trevas. Logo, se todo o seu corpo estiver cheio de luz e nenhuma parte dele estiver em trevas, estará completamente iluminado, como quando a luz de uma candeia brilha sobre você” (Lucas 11.14, 16a, 17a, 31, 33-36. NVI).

Associamos a luz à sabedoria, ao entendimento, ao intelecto, à visão…

Jesus, o Cristo, havia expulsado um demônio, que fazia ser mudo, e o ex-prisioneiro voltou a falar, para a admiração e espanto de toda a multidão.

Salomão ficou conhecido por sua grande sabedoria, mas quem pode se comparar com aquele que promove a completa libertação?

Salomão construiu um grande império, mas Jesus, o Cristo, transformou mentes e corações.

Há muitos de nós que, como a famosa rainha do Sul, têm sede da verdade e fazem tudo o que podem para encontrar respostas eternas. Existe uma obrigação que pesa sobre os seres humanos de encontrar a verdade, tanto que todos os pecados praticados se ancoram sempre em doutrinas mentirosas, pois sem palavras de suporte nada podemos fazer.

Aqui nesse contexto, Jesus nos ensina que os olhos são a candeia do corpo, de modo que olhos bons significam uma vida iluminada, enquanto olhos ruins, trevas interiores. O modo como enxergamos as coisas é determinado pela nossa condição total, de tal maneira que olhos maldosos apenas revelam a distância que tudo o mais está da comunhão com o SENHOR, Deus Pai.

Jesus nos faz um convite a buscarmos a sabedoria eterna e a luz íntima. A advertência contra a divisão caída se contrapõe à promessa de prosperidade: “se você for realmente brilhante como uma chama viva, não ficará escondido da glória permanentemente; se você for luz e revelação, será também colocado em um lugar de ampla visibilidade e profissão!”

Será que haverá um dia quando o fluir natural da minha vida será recebido como uma bênção para todos os povos? Ser recompensado abundantemente por exercitar a minha alma? Ter a minha biografia justificada pelo amor de muitos outros?

Por que a sabedoria é tão importante? Porque se eu for o que sou na plenitude da sabedoria e boa índole, então encontrarei o casamento da paz com a Igreja, o Cristo e o SENHOR, com a mais perfeita obra de felicidade e alegria.

“Eu só quero ser feliz!”

A felicidade é o sentimento da reconciliação verdadeira.

Quando seus olhos forem bons, saberemos que sua subjetividade também já foi restaurada; quando você tiver sido colocado na posição mais elevada pelo SENHOR Deus, saberemos que seu amor repousou sobre a Lei Verdadeira.

Olhos maliciosos, agressivos, perturbadores, inconvenientes, perniciosos e tolos… Cuidado! O pecado guardado antecipa a ruína e aprisiona à morte.

Quero gerar filhos de luz por meio desse trabalho aqui!

Deixem o SENHOR Deus amar vocês reciprocamente! E seremos uma comunidade infinita de candeias da perfeita luz!

A graça de Jesus, o Cristo, pode libertar! E em nome dele eu abençoo vocês!

Sejam libertos!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

Impondo a saúde mental

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que estejam bem, enfrentando as lutas da vida com a melhor das atitudes!

Gostaria de lhes falar hoje aqui um pouco mais sobre saúde mental.

Saúde mental pode ser entendida como sendo a experiência de ideias, pensamentos e sentimentos em um fluxo ordenado, positivo e promotor de bem-estar, bem como socialmente integrativo.

A verdade sobre a mente é que ela é mais um subproduto do que pioneira, de modo que primeiro vêm os hábitos cotidianos e depois surgem os resultados mentais.

Desse modo, começamos a entender que nossas escolhas práticas, o que fazemos com nosso tempo, fala mais alto no quesito produção de saúde mental, quer gostemos disso ou não.

Por essa razão que a saúde mental é algo que de certo modo deve ser conquistado a força.

Você abandona maus hábitos e aprende outros bons e saudáveis, e então você começa, a médio prazo, a perceber que novos pensamentos estão se tornando parte da sua nova vida de agora.

O impacto da renúncia de comportamentos nocivos é muito grande, todas as vezes. Mas quem não faz nenhum tipo de conversão de caminhos, jamais chega a experimentar outros estados de mente.

Há trabalhos que estimulam a mudança de mente, visando a construção de novos comportamentos; outros orientam a mudança de comportamentos, visando a libertação dos padrões ruins de pensamento.

Seja como for, haverá guerra, muita luta, muito esforço, muita renúncia, muito empenho, etc., antes que um doente mental venha a ser transformado ao ponto de reconhecer-se saudável de mente.

Os remédios psiquiátricos atenuam os danos físicos que o muito tempo ruminando pensamentos distorcidos e vivendo hábitos degenerativos deixaram na pessoa, mas não completa a rodada imprescindível de novas decisões, novas atitudes e novos comportamentos para o bem.

Uma das palavras mais verdadeiras que existem é “você precisa ser forte; você precisa ser corajoso”. Ninguém vira a página sem ter feito MUITA força para isso.

A geração parto cesariano, anestesia e videogames não tem ideia do quanta guerra uma vida vitoriosa realmente precisa vencer. A força para se colocar e permanecer de pé é superlativa.

Assim, sem a guerra santa/justa ninguém alcança a paz.

Minha palavra para vocês hoje é: deixem de lado a apatia e a preguiça. Hoje é o tempo para tomar decisões verdadeiras e pagar o preço por uma semeadura proveitosa e digna. Eu me coloco como um exemplo para vocês, pois, embora não seja ninguém de fama ou fortuna, tenho lutado o bom combate da responsabilidade e coragem, enfrentando com a melhor das atitudes as inúmeras negativas e adversidades, evitando o mal e permanecendo na luz dos que juntos se dão para o bem, e desfrutando de plena saúde mental.

Pensem grande, pensem certo: o que vocês semearem, colherão, até em termos de saúde mental.

Está entre vocês alguém desesperado, desesperançado, depressivo de modo significativo? Levante os olhos para o alto, derrube o velho hábito, desfaça a amizade com os companheiros de dissolução e faça um compromisso novo e de atos com as melhores escolhas.

Se vai doer, ser desconfortável, requerer paciência e boa fé? Sim, certamente. Mas aos corajosos, uma coroa de bem estar e lucidez.

Parabéns a todos os valentes dos testemunhos de grandes vitórias psicológicas!

Aos corajosos, saúde mental.

Beijos e abraços para todos os valentes de mente!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, psicólogo corporal, CRP 06/89471, e o fundador do Projeto Terapêutico Toque Divino.

Nascendo de novo

Boa noite a todos!

Que a graça e a paz do SENHOR Deus sejam com todos vocês, os que creem!

Gostaria de lhes falar hoje aqui um pouco sobre o novo nascimento.

O que significa nascer de novo? O que significa nascer do alto ou do Espírito Santo?

Quando uma pessoa é gerada no ventre de sua mãe, desde o primeiro instante de vida, ela passa a se desenvolver em uma intensa relação com os seus pais, de modo que suas necessidades físicas e espirituais se apresentam, sendo supridas ou não, dependendo do que podem fazer por ela sua família e as outras pessoas em derredor.

Muito dos nossos problemas importantes são originados nas falhas no manejo de nossas necessidades pueris. E a partir de situações mal resolvidas na infância passamos a desenvolver mecanismos de defesa, que são desequilíbrios inconscientemente planejados, ou seja, são excessos com propósitos ocultos de compensar ou se por no lugar de outras experiências necessárias, mas que, infelizmente, não puderam ter lugar adequado, com elaboração dos seus componentes emocionais completa, pela falta de hospitalidade ou competência psicológica de nosso ambiente íntimo e/ou social.

O que estou querendo lhes dizer aqui é que nossos desvios espirituais começam por causa de buracos deixados nas etapas de nosso desenvolvimento sem solução.

Assim, nascer de novo está muito relacionado com cura emocional e perdão aos pais.

Primeiro precisamos de uma experiência de amor terapêutico-curativa para depois podermos experimentar o florescimento natural de uma nova vida. Pois a verdade é que a vida que vemos em nós é o transbordamento natural da maturidade emocional de que dispomos agora.

Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, disse que era necessário nascermos de novo, da água e do Espírito, para entrarmos no Reino de Deus.

Nascer da água pode ser interpretado como passar por um batismo, ou seja, tomar uma firme decisão de deixar para trás e de fato morrer para toda a vida de pecados, aceita anteriormente. Já nascer do Espírito significa se identificar com a pessoa nova que aparece em nós quando ativamente praticamos as virtudes que decorrem das atitudes da fé e mandamentos do SENHOR Deus. A vida do Espírito Santo são os pensamentos, as emoções, os atos e os trabalhos que resultam do compromisso do homem com as Leis do SENHOR Deus.

Você pode nascer de novo! Sim, pode viver uma vida completamente diferente daquela outra amarrada por pecados e escravidão.

Peça ao SENHOR Deus que lhe dê uma experiência de amor terapêutico-curativa que torne viável o compromisso com novas escolhas e a graça de desfrutar de novos começos e receber um novo coração.

Se Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, ou seus cristãos, pequenos Cristos do SENHOR Deus, cruzarem o seu caminho e tocarem a sua alma, você poderá ser livre do seu mal.

O nome do jogo é cura divina não posição filosófica.

Se o mal que o aprisiona por dentro não for curado em seu coração, você não tem como florescer diferente do que tem sido até aqui.

Eu acredito que todo homem pode nascer de novo por meio da fé no SENHOR Deus.

Não tenha medo de se abrir em oração.

“Nunca te deixarei, jamais te abandonarei”, diz o SENHOR Deus.

Eu acredito em você!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo e o editor do blog Curados por Deus.

Um novo começo

Boa tarde a todos!

Como estão vocês e suas famílias? Espero que estejam bem e caminhando corajosamente na direção da construção da sua saúde mental!

Gostaria de lhes falar hoje aqui um pouco sobre ganhar um novo começo.

Por detrás da procura por um psicoterapeuta e psicoterapia geralmente há a esperança de alcançar um novo começo, receber uma nova vida.

As pessoas procuram ajuda porque as consequências dos seus maus hábitos começaram a aparecer e logo logo a vida por descaminhos começou a amargar a boca e o espírito a ponto de fazer querer alívio.

Certamente existe uma ingenuidade que atribui uma aura de milagreiro aos homens de branco, os profissionais médicos e psicólogos, como se seus tratamentos pudessem fazer com que os maus hábitos continuem, mas seus efeitos sejam anulados.

Mas a verdade é que a boa medicina e psicologia jamais serão assim.

A cirurgia bariátrica somente ajuda quem fez uma escolha verdadeira por uma dieta saudável e controlada… Para o resto da vida. A psicoterapia corporal somente ajuda quem se dispõe a reavaliar seus caminhos e a fazer escolhas firmes, como abandonar as más companhias, mudar de rotinas e escolher tratar diferente seus eventos subjetivos, gostos e inclinações.

Com uma calatonia, por exemplo, é possível devolver o corpo e a mente do paciente a um “ponto zero”, por assim dizer. O tônus corporal é modulado para um relaxamento ideal para a saúde física e apropriado para as elaborações dos conflitos mentais, o que é de grandíssima valia para um tratamento sério para o restabelecimento da saúde integral. Todavia, se o paciente se recusa a fazer mudanças de vida, de hábitos, de pensamentos, etc. Então tudo volta a ser como era e, pior, tende a se agravar exponencialmente.

Você está disposto a mudar de calçada para evitar aquilo que o faz cair? Desligar a TV ou mudar de canal? Retirar e bloquear o contato de pessoas que são tóxicas para você?

Quão seriamente você realmente deseja uma vida nova, uma nova chance, um novo começo?

Ah… Como eu gosto da psicoterapia corporal! Como eu acredito no bem que podemos transmitir através desse trabalho!

Mas infelizmente o melhor dos médicos ainda assim não é capaz de fazer toda a mágica acontecer. É preciso haver uma contrapartida, uma resposta de fé, uma atitude de responsabilidade que tornem possível que a medicina séria e competente ajude você a sair do lugar.

Precisamos entender e patrocinar a abordagem integrativa para a confrontação a toda a espécie de males, mas sobretudo encorajar cada paciente a discernir que o novo começo depende de seus atos de boa fé.

“Ninguém muda ninguém”, porém o suporte de um amigo leal pode nos impulsionar para a verdadeira liberdade: abandonar para valer o nosso antigo mal.

Que o SENHOR Deus abençoe todos os profissionais da área da saúde da nossa geração!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, psicólogo corporal, CRP 06/89471, e o fundador do Projeto Terapêutico Toque Divino.

Uma casa dividida cairá

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Que a graça e a paz de nosso Senhor Jesus, o Cristo do SENHOR, os alcancem!

Hoje vamos ler mais um trecho da Bíblia. Que o SENHOR nos dê a sua Palavra!

“Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. (…)

Mas alguns deles disseram: ‘é por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa demônios’. (…)

Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: ‘todo reino dividido contra si mesmo será arruinado e uma casa dividida contra si mesma cairá. Se Satanás está dividido contra si mesmo, como o seu reino pode subsistir? (…) Se eu expulso demônios por Belzebu, por quem os expulsam os filhos de vocês? Por isso, eles mesmos estarão como juízes sobre vocês. Mas se é pelo dedo de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o Reino de Deus. (…) Aquele que não está comigo é contra mim e aquele que comigo não ajunta, espalha’. (…)

Enquanto Jesus dizia estas coisas, uma mulher da multidão exclamou: ‘feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou!’

Ele respondeu: ‘antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e lhe obedecem” (Lucas 11.14a, 15, 17-18a, 19-20, 23, 27-28. NVI).

Só existe um modo de se expulsar demônios, qual seja, obedecendo aos mandamentos do SENHOR Deus.

As pessoas ficam impressionadas quando veem um milagre, dizem-se perplexas e maravilhadas diante da manifestação de autoridade e poder. Mas toda a autoridade e poder emanam de uma mesma fonte: do SENHOR Deus.

Colocar a planta dos pés sobre a Lei de Deus, conceder espaço para a ação do Espírito Santo, isso é a fonte de toda a transformação positiva em todos os níveis.

Atravesse comigo a fumaça de mistério: Jesus expulsava demônios porque na Lei do SENHOR meditava de dia e de noite, porque se arrependia de todo o ímpeto de transgressão cotidianamente, porque obedecia integralmente aos chamados do Pai, o SENHOR.

Um dia, no Seminário Teológico Servo de Cristo, onde eu cursava meu mestrado em divindades, que não consegui completar, infelizmente, um professor discutia conosco as teorias da inspiração divina, ou seja, como é que as Escrituras vieram a ser escritas? Como que as palavras de alguns homens chegaram a ser reconhecidas como legítimas palavras do SENHOR Deus?

A resposta que veio aos meus lábios foi a seguinte: porque eles se arrependeram. O único jeito de tirar de dentro de mim as palavras do SENHOR Deus é me arrependendo de todo o pecado, pois é assim que coloco para dentro do meu espírito o Espírito Santo de Deus.

Da mesma maneira, um espírito demoníaco ou imundo (trad. simplesmente pecaminoso) não é capaz de retirar de outro um espírito ruim. Igualmente, um espírito santo ou procedente do SENHOR Deus não pode instalar um espírito maligno nem conviver com ele, pois a Lei do SENHOR Deus expulsa para longe toda a sorte de enfermidade.

A massa se surpreende com a transformação miraculosa, mas o justo adverte: haverá juízo para aqueles que não se convertem dos seus pecados nem se dignificam a obedecer às justas ordenanças do SENHOR Deus.

Jesus, o Primogênito, sou eu e você no dia do nosso arrependimento e perdão.

O antídoto para os espíritos endemoninhados é “não matarás, não adulterarás, não cobiçarás, não darás falso testemunho contra teu próximo, adore ao SENHOR o teu Deus e somente a ele preste culto, etc.”

O poder para ajudar começa aqui dentro de nós.

Você é capaz de se dar suporte na direção correta? Há fé no seu coração para aceitar os estatutos do SENHOR como regra e prática de vida?

Se você sair do buraco onde se enfiou, certamente ajudará outros a saírem de semelhantes.

O Reino de Deus chega no momento quando alguém nos toca segundo os caminhos de obediência à justiça do SENHOR Deus.

Repreensão do mal, encorajamento do bem: isso é amor.

Obrigado por acompanhar o nosso blog! O SENHOR Deus está aqui nesse lugar!

Que a graça e a paz de nosso Senhor Jesus, o Cristo do SENHOR, sejam com todos vocês!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.