Fardos difíceis de carregar

Bom dia a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que cultivando uma vida de devoção e fé, uma vida de pureza de espírito e esperanças no Deus de Cristo, o SENHOR!

Hoje vamos ler a Bíblia mais uma vez, um trecho do Evangelho de Lucas. Que o SENHOR Deus nos dê a sua palavra, em nome de Jesus, o Cristo, amém!

“‘Quanto a vocês, peritos na lei’, disse Jesus, ‘ai de vocês também! Porque sobrecarregam os homens com fardos que dificilmente eles podem carregar e vocês mesmos não levantam nem um dedo para ajudá-los'” (Lucas 11. 46. NVI).

Quem legisla, advoga, documenta, contabiliza, normatiza… Geralmente faz isso sobre a vida dos outros, mais especificamente sobre a vida dos simples, dos homens comuns.

Se os peritos na lei estivessem incluídos nas regras que impõe aos demais cidadãos, talvez não fossem censurados pelos olhos divinos, como foram nesse momento.

As pessoas que manipulam os parâmetros da vida em sociedade são os que dominam sobre o povo por meio da força e poder de polícia. Aumentar impostos, criar “novos pecados” ou motivos para punições, é muito fácil arbitrar sobre a vida dos outros, quando há proteções legais para que o mesmo rigor que se aplica ao outro nunca recaia sobre mim mesmo e minha família.

O verdadeiro legislador é um homem de compaixão e grande misericórdia. O Ungido do SENHOR Deus é aquele que trabalha no sábado (shabbat) quando isso significa ajudar seu próximo a carregar seu fardo na vida. Às vezes devemos sacrificar a lei/hábito/costume para fazer a Justiça do SENHOR Deus.

“Como são bonitos os pés dos que anunciam boas novas”.

Quem legisla para a liberdade de todos, legisla para a glória do SENHOR Deus; quem julga segundo a Justiça do SENHOR Deus, pratica o bem e jamais será desarraigado, sua família viverá eternamente.

Se você recebeu poder do alto para determinar como viverá o seu irmão, tenha cuidado para não obrigá-lo a um rigor que traga condenação sobre você que legisla e a sua família.

Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, não suporta a hipocrisia dos homens cruéis, que em face do sofrimento, necessidade e vulnerabilidade do seu compatriota se exaltam como tiranos sem coração.

O mais fraco, seja estrangeiro, órfão ou viúva, tem o próprio SENHOR Deus Altíssimo como escudo e fortaleza. O justo humilde será vingado e indenizado em toda medida e além.

Por que você age com orgulho arrogante, como se a posição de influência e poder sobre o povo não lhe tivesse sido dada pelo SENHOR Deus para a prática do bem?

O seu irmão mais fraco é você. A fraqueza e a força são circunstanciais, pois somos todos iguais, à mercê dos desígnios do SENHOR Deus.

Lembre-se do SENHOR Deus enquanto é tempo! Devolva o dinheiro extorquido, restitua os bens roubados!

Viva segundo as leis da sua nação, sabendo que todo caso legal pode ser reinterpretado à luz da complexidade da situação concreta e da misericórdia do Soberano do Universo.

Não é porque algo é legal que a sua aplicação também é ética. Pois às vezes a lei promulgada é antiética e às vezes o cumprimento da ética extrapola as leis da nação.

Aprofunde a sua espiritualidade: “o outro sou eu; o outro é minha família; o outro é minha própria alma”.

Sabe qual a vitória do SENHOR Deus no mundo? O homem íntegro, fiel, leal e justo.

No amor está a chave que desfaz toda amarra de condenação. “Caim, se você fizer o bem acaso não será também aceito?”

O SENHOR Deus em nós é como um refrescante Espírito Santo, mas também como um fogo de juízo e separação para todo aquele que oprime e violenta o seu irmão.

Não é porque todo mundo está fazendo que está certo; não é porque você pode fazer que é justo fazê-lo.

Abandone o direito quando ele promove a injustiça.

“É melhor um bom nome do que os lucros da perversidade”.

O SENHOR Deus enriquecerá o homem bom.

Eu acredito em milagres!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo amador.

A verdadeira sabedoria

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Que o amor de Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, penetre o seu lar e corações!

Hoje vamos ler as Escrituras Sagradas mais uma vez. Que o SENHOR, Deus Eterno, nos dê entendimento a respeito da sua palavra. Em nome de Jesus, amém.

“Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo falou e a multidão ficou admirada. (…) [Mas alguns deles] o punham à prova (…).

Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: (…)

A rainha do Sul se levantará no juízo com os homens desta geração e os condenará, pois ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão e agora está aqui quem é maior do que Salomão. (…)

Ninguém acende uma candeia e a coloca em lugar onde fique escondida ou debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no lugar apropriado, para que os que entram possam ver a luz.

Os olhos são a candeia do corpo. Quando os seus olhos forem bons, igualmente o seu corpo estará cheio de luz. Mas quando forem maus, igualmente o seu corpo estará cheio de trevas. Portanto, cuidado para que a luz que está em seu interior não sejam trevas. Logo, se todo o seu corpo estiver cheio de luz e nenhuma parte dele estiver em trevas, estará completamente iluminado, como quando a luz de uma candeia brilha sobre você” (Lucas 11.14, 16a, 17a, 31, 33-36. NVI).

Associamos a luz à sabedoria, ao entendimento, ao intelecto, à visão…

Jesus, o Cristo, havia expulsado um demônio, que fazia ser mudo, e o ex-prisioneiro voltou a falar, para a admiração e espanto de toda a multidão.

Salomão ficou conhecido por sua grande sabedoria, mas quem pode se comparar com aquele que promove a completa libertação?

Salomão construiu um grande império, mas Jesus, o Cristo, transformou mentes e corações.

Há muitos de nós que, como a famosa rainha do Sul, têm sede da verdade e fazem tudo o que podem para encontrar respostas eternas. Existe uma obrigação que pesa sobre os seres humanos de encontrar a verdade, tanto que todos os pecados praticados se ancoram sempre em doutrinas mentirosas, pois sem palavras de suporte nada podemos fazer.

Aqui nesse contexto, Jesus nos ensina que os olhos são a candeia do corpo, de modo que olhos bons significam uma vida iluminada, enquanto olhos ruins, trevas interiores. O modo como enxergamos as coisas é determinado pela nossa condição total, de tal maneira que olhos maldosos apenas revelam a distância que tudo o mais está da comunhão com o SENHOR, Deus Pai.

Jesus nos faz um convite a buscarmos a sabedoria eterna e a luz íntima. A advertência contra a divisão caída se contrapõe à promessa de prosperidade: “se você for realmente brilhante como uma chama viva, não ficará escondido da glória permanentemente; se você for luz e revelação, será também colocado em um lugar de ampla visibilidade e profissão!”

Será que haverá um dia quando o fluir natural da minha vida será recebido como uma bênção para todos os povos? Ser recompensado abundantemente por exercitar a minha alma? Ter a minha biografia justificada pelo amor de muitos outros?

Por que a sabedoria é tão importante? Porque se eu for o que sou na plenitude da sabedoria e boa índole, então encontrarei o casamento da paz com a Igreja, o Cristo e o SENHOR, com a mais perfeita obra de felicidade e alegria.

“Eu só quero ser feliz!”

A felicidade é o sentimento da reconciliação verdadeira.

Quando seus olhos forem bons, saberemos que sua subjetividade também já foi restaurada; quando você tiver sido colocado na posição mais elevada pelo SENHOR Deus, saberemos que seu amor repousou sobre a Lei Verdadeira.

Olhos maliciosos, agressivos, perturbadores, inconvenientes, perniciosos e tolos… Cuidado! O pecado guardado antecipa a ruína e aprisiona à morte.

Quero gerar filhos de luz por meio desse trabalho aqui!

Deixem o SENHOR Deus amar vocês reciprocamente! E seremos uma comunidade infinita de candeias da perfeita luz!

A graça de Jesus, o Cristo, pode libertar! E em nome dele eu abençoo vocês!

Sejam libertos!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

Como uma árvore

Bom dia a todos!

Talvez a maior perplexidade do homem seja a insolubilidade do tempo e, mais especificamente, da constrangedora espera pelo amadurecimento das coisas vivas.

“O tempo pertence ao SENHOR”.

Você sabia que se colocar uma semente de abacate na terra pode nutrir uma expectativa razoável de colher abacates de 2 a 4 anos depois? Agora se a sua árvore for de jabuticabas terá que esperar de 10 a 15 anos em média para colher as primeiras frutas.

Em 2008, quando a esquizofrenia parou a minha vida, a última coisa que consegui fazer antes da minha internação domiciliar foi a conclusão de um curso de Florais de Bach, ministrado por representantes brasileiros do Healing Herbs UK.

Ali eu aprendi sobre as 38 flores que são usadas como medicina para a subjetividade através desse sistema curativo e, embora não seja capaz de recordar perfeitamente tudo o que aprendi, fui muito impactado justamente pela diferença no desenvolvimento de cada uma dessas plantas.

Havia por exemplo uma flor amarela muito bonita e delicada, cujo ciclo de vida durava um dia. Pela manhã nascia a planta, no meio do dia surgia a sua flor e ao entardecer ela murchava e morria. Por outro lado, havia um outra flor mais arroxeada que aparecia pela primeira vez apenas 8 anos após o nascimento da planta.

Há uma lenda antiga que diz que “quem planta tâmaras, não colhe tâmaras”, porque estimavam que levaria cerca de 80 anos até que a planta desse os seus primeiros frutos.

Não sei sobre a precisão de todas essas informações, pois não sou nem biólogo nem botânico, e minhas experiências com a jardinagem ainda são muito imaturas. Mas vejo nessas coisas algo útil da parte de Deus.

Os Salmistas bíblicos insistem para que não nos impressionemos com o sucesso dos ímpios, pois logo, logo a impiedade dá os seus frutos verdadeiros: ruína, perda e destruição. Mas também não devemos nos impressionar negativamente com o sucesso bem merecido dos outros, porém nos manter concentrados na nossa própria jornada, pois cada um de nós dará o seu fruto bom no tempo devido se permanecer na fé no SENHOR.

Os Florais de Bach nos fazem crer que assim como as plantas são diferentes umas das outras, também nós o somos. E, para cada um de nós, devemos procurar pelos remédios que nos curem segundo o nosso próprio tipo singular.

A cura de Deus sempre tem a ver com um lugar subjetivo de onde passamos a ver a realidade com maior clareza e perspectiva abrangente, profunda e acertada. Importa alcançarmos um lugar sagrado de onde podemos verdadeiramente saber e crer no SENHOR.

O fruto perfeito da plenitude de você mesmo é algo muito trabalhoso e demorado de se produzir. Todos damos algum tipo de fruto na infância, na juventude, no começo da vida adulta, no ápice da vida adulta e na velhice. O zênite do que brota de dentro de nós, contudo, é um grande mistério e está escondido com o Espírito Santo do SENHOR.

Você olha ao redor… Tem a impressão de que os outros estão frutificando… Mas não consegue encontrar frutos agradáveis nos seus próprios ramos…

Tenha calma. Não recorra a feitiçarias para tentar mudar os tempos e as Leis do SENHOR.

Você pode tocar o seu peito agora? Pouse as mãos suavemente e diga: “SENHOR, eu confio em ti. Obrigado por me amar tanto assim!”

Dependendo da vocação do SENHOR para você, pode levar 2 anos, 5 anos, 15 anos ou mais, até que o Espírito da Santidade do Cristo esteja frutificando a perfeição de você.

O seu Pai Celestial está cuidando de você e evitando que você se machuque de uma maneira decisiva pela sua imaturidade para o manejo das realidades com as quais você deseja engajar.

Todavia, o abacateiro um dia dará abacates; a jabuticabeira, jabuticabas; a tamareira, tâmaras… As florzinhas aparecem na estação certa e os ciclos de maturação apontam todos para uma maturidade tangível e completa para todos os seres vivos.

Você é muito bonito! Você é muito bonita!

Ainda bem que você existe! Ainda bem que você nasceu!

Você não é a pessoa mais maravilhosa que já pisou na face da terra? Sim, você é!

Creia em Deus! Confie no SENHOR! Faça o que é o Certo enquanto há tempo para isso.

O seu Tesouro ele guardará para aquele dia glorioso de festa, prosperidade e paz em que você se realizará plenamente sendo tudo o que foi criado para ser!

O SENHOR abençoe a todos vocês! Em nome de Jesus, o Cristo do SENHOR, amém.

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.

Minha segurança, onde ela está?

“Depois disso, o Senhor [Jesus, o Cristo do SENHOR] designou outros setenta e dois e os enviou dois a dois, adiante dele, a todas as cidades e lugares para onde ele estava prestes a ir. E disse-lhes:

(…)

Não levem bolsa, nem saco de viagem, nem sandálias; e não saúdem ninguém pelo caminho” (Lucas 10.1-2a, 4. NVI).

Boa tarde a todos!

Quantos aqui já se sentiram absolutamente desamparados?

Há momentos quando o silêncio e insensibilidade dos homens ao redor são tão grandes que o coração se entristece até o negrume do abismo.

Após muitas coisas, chegou um tempo em que o Jesus de Nazaré já havia tocado a vida de muitos por meio de um espírito perfeito e bom. E quando alguém se deixa tocar por um espírito de santidade assim, renasce como um tipo de filho que jamais trairá seus pais.

Aqui Jesus envia 72 desses homens discípulos aos pares como representantes do seu espírito de santidade e veículos da cura que se segue ao retorno do homem ao SENHOR.

Bolsas, sacos de viagem e sandálias extras são os modos como garantimos nossa própria segurança e conforto quando vamos para longe de nossa casa.

Saudações pelo caminho são um jeito de granjearmos suporte e apoio de outras pessoas, de novo, para a nossa segurança e conforto quando vamos para longe de nossa casa.

Mas Jesus não quer que os seus filhos confiem nesse tipo de provisão.

Quando você se arrepende de todo o seu pecado até o ponto perfeito, que alcança a cura de toda a sua enfermidade, então por meio dessa fé aprende que “a obra de Deus, feita segundo a vontade de Deus, nunca terá falta dos recursos de Deus” (Pastor Ed René Kivitz, Pastor da Igreja Batista de Água Branca em São Paulo).

Os principados, as potestades do mal, os dominadores dos homens insistem:

“Não confie em ninguém! Seja o senhor da sua própria sorte! Cofres, bolsos, cartões, cheques, bens, terras… Tudo deve ser feito para se evitar o pior!”

“Agrade a todos! A bajulação inteligente garante favores e segurança! De todas as mesas sempre comer! De todas as rodas sempre participar! Quem tem uma multidão de amigos, jamais ficará só!”

Mas a verdade é que não é nada assim no Reino de Deus.

Quem desperta para fora do pecado aprende que há um Soberano, o SENHOR, e nada escapa à sua Lei.

Os bolsos do mundo obedecem ao SENHOR… As terras do mundo são do SENHOR… Os corações humanos são do SENHOR.

Não há mal que possa durar mais do que um breve instante… Não há roubo que possa gerar um centavo de riqueza… Não há indisposição ou pecado que libere uma pessoa do Espírito da Santidade do SENHOR.

Há um dia, quando o homem se volta autenticamente para o SENHOR, quando a trave dos seus olhos é retirada pelo toque do Anjo do SENHOR… E ele enxerga, finalmente, que sua vida está segura nas mãos do SENHOR.

Importa crer. E isso quer dizer apenas uma coisa: crer é obedecer até o ponto de morrer.

Quem não faz esse tipo de prova de confiança com o SENHOR jamais será salvo de coisa alguma: seja da enfermidade, seja do infortúnio, seja da escravidão, seja da pobreza, seja da solidão… Que dirá da morte.

Mudar de Senhor, mudar de Deus… Essa é a única chave que liga a Vida dentro e fora de cada um de nós.

Por que a Bíblia Sagrada aponta o SENHOR como o único Deus Verdadeiro? Porque nenhum outro Espírito ou Lei realmente coloca o homem em acerto, paz, alegria, amor e Vida.

“Eu já vi um homem ressuscitar”… Deixe o seu coração sussurrar isso para dentro de você mesmo.

Se você fizer o que é o Certo com “C” maiúsculo, eu prometo a você: o SENHOR o ressuscitará depois que você passar pela prova de morte que lhe cabe!

Levante a cabeça! Creia na Palavra da Verdade! E entre pela Porta Estreita que conduz à Vida Eterna!

Jesus de Nazaré, o Cristo do SENHOR, é o nosso Rei e o eterno Primogênito dentre os Filhos de Deus!

O que o SENHOR fez com ele, fará comigo e com você também se o imitarmos: confiar pra valer no SENHOR até o ponto de renunciar ao menor dos pecados para obedecer à sua Lei, mesmo a preço capital.

Mesmo sem as suas reservas pessoais, mesmo sem a simpatia da maioria… Você chegará bem ao seu destino e será feliz e próspero por toda a sua vida e em tudo o que fizer. Basta confiar no SENHOR!

Vocês estão aqui? Eu também estou aqui.

Deus abençoe todo acerto de Justiça dos homens de bem desde agora e para sempre! (Isso é: o Amor) Em nome de Jesus, o Cristo do SENHOR, amém.

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, Teólogo, e o Editor do blog Curados por Deus.