Contra quem o filho do homem se opõe

Boa noite a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que em espírito de renovação de interesse uns pelas vidas dos outros!

Hoje vamos ler mais um trecho do Evangelho de Lucas. Que o SENHOR Deus nos dê a sua palavra, em nome de Jesus, o Cristo, amém!

“Um dos peritos na lei lhe respondeu: ‘mestre, quando dizes essas coisas, insultas também a nós'” (Lucas 11. 45. NVI).

Quem são as pessoas que são acusadas e perseguidas pelo Filho de Deus?

Em primeiro lugar, os fariseus, que são os donos da religião. A hipocrisia de tais homens cheira mal na presença do SENHOR Deus.

Eles distorcem todos os mandamentos do SENHOR Deus, porque amam o luxo e o poder. Como eles vivem das aspirações de fé da sua nação, eles precisam continuamente se fazer necessários, de modo que não permitem que o povo jamais chegue a um entendimento claro e objetivo a respeito do SENHOR Deus e sua vontade.

Nos dias de hoje temos o mesmo cenário, porque todas as gerações repetem a mesma relutância para com o amor e a justiça divinos, que não são complicados, muito menos impossíveis.

Quando as pessoas se reconciliam com o Deus Altíssimo, então sua vida fica mais simples e já não se deixam manipular pelos religiosos da ocasião.

Mas aqui, nesse texto, temos uma outra figura, que se sente ofendida pelo Cristo do SENHOR Deus, os peritos na lei.

Peritos na lei são todas as pessoas que trabalham com documentos, Direito, legislação, Justiça, contabilidade, economia, entre outros. Por assim dizer, estamos pensando nas pessoas que regulamentam a vida do povo por meio de leis, decretos e manipulação de regras de vida, propriedade e conduta.

Nos textos que se seguem a essa declaração, o Senhor Jesus torna explícita a sua crítica a esses homens, o que consideraremos adiante, se Deus quiser.

No entanto, por hora, basta para a nossa reflexão o fato de que em todas as gerações os religiosos “oficiais”, formados pelas escolas de doutrinação e teologia, geralmente transformam tradições humanas em “palavra de Deus” e têm uma grande dificuldade para de fato tomarem decisões puras e aprovadas, porque precisam ganhar dinheiro com sua doutrina e prática de religião.

Por outro lado, também todos os profissionais do manejo das leis/documentos/números da nação, também estão sub judice, pois são responsabilizados pelo Filho de Deus pela falta de fé genuína no coração daqueles a quem servem.

Se a nossa elite realmente servisse ao SENHOR Deus, então haveria igualdade, fraternidade e paz na terra.

A mesma crítica de então se aplica a hoje.

Nada mudou!

Fariseus (religiosos) e peritos na lei (profissionais do Direito e da Justiça, legisladores, economistas, estudiosos, mestres, auditores, entre outros), donos do poder circunstancial, há uma terrível acusação contra vocês.

Arrependam-se enquanto há tempo!

É melhor ficar pobre do que pecar contra o SENHOR Deus; é melhor participar como escravo do que como senhor, em uma vida vazia de esperança.

A boa notícia para os Filhos de Deus é que do SENHOR Deus é a prata e o ouro, o poder, a honra e o domínio. Reinar com Cristo é Reinar, com “R” maiúsculo.

Os caminhos de Deus são justos e verdadeiros, seus juízos são um bálsamo para a terra e céus.

Parem de confundir, parem de explorar.

O Reino do SENHOR Deus é um reino de amor. Abandone toda forma de prostituição, pois os lucros do roubo e assassinato apodrecem o coração e envelhecem a alma.

Eu acredito em milagres!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo amador.

Repartir purifica

Boa tarde a todos!

A graça e a paz da parte de Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, para todos os que celebram o seu Reino!

Como vão vocês e suas famílias? A Cibele hoje disse que “família é um senso de missão comum”.

Hoje vamos ler as Escrituras Sagradas mais uma vez. Que o SENHOR Deus nos dê entendimento sobre o que está escrito, em nome de Jesus, o Cristo, amém.

“Então o Senhor [Jesus] lhe disse: ‘vocês, fariseus, limpam o exterior do copo e do prato, mas interiormente estão cheios de ganância e maldade. Insensatos! Quem fez o exterior não fez também o interior? Mas deem o que está dentro do prato como esmola e verão que tudo lhes ficará limpo” (Lucas 11.39-41. NVI).

A realidade humana é que estamos ligados uns aos outros. O que acontece ao seu vizinho também lhe diz respeito, assim como o que acontece a você igualmente implica a mim.

Como já disse anteriormente, fariseu é aquele que está no topo, aquele que estabelece as leis, aquele que se beneficia em primeiro lugar dos atos de todos os outros. Fariseu é o dono da cultura e dos costumes de todo o povo, aquele que antes de todos os outros recebe os benefícios do nosso sistema econômico, ordem política e estrutura religiosa.

Fariseu é um homem que faz carinha de justo, observando apenas às suas próprias regras humanas, enquanto cobiçam e arrancam, com ganância, tudo quanto podem, perpetuando toda a forma de maldade como se seus caminhos fossem justificados por falarem em nome do SENHOR Deus.

O único jeito de ficar limpo é repartindo o alimento até que nenhum de nós tenha sido deixado com fome.

Mas justamente o processo de se tornar um fariseu é inverso a essa justiça, pois o aspirante a uma cadeira religiosa precisa passar por um sistema de crenças que o ensina a tirar um pouco do pobre, hoje e sempre.

A verdadeira religião se faz nas trincheiras da mútua sensibilidade e solidariedade. Minhas esposa disse “família é uma missão em comum”, o que quer dizer que família é quando todos começam a trabalhar em favor do suprimento dos nossos e da remediação das fontes de dores em nosso meio.

Fariseu não obedece aos mandamentos do SENHOR Deus, ele apenas cria argumentos para justificar seu próprio estilo de vida insensível e impassível.

Uma igreja se justifica ao proporcionar respostas de bondade e misericórdia aos mais fracos e vulneráveis no nosso meio.

Comida, educação, saúde, emprego, trabalho, dinheiro, descanso… De quê precisamos agora? Posso enxergar a mim como eu e você juntos?

Ninguém foi condenado por Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, apenas esses: os gananciosos e maldosos.

Ontem estava conversando com uma pessoa muito especial que me perguntou: “você acha que a doença tem a ver com pecado?” Eu disse que sim, mas não do modo como outros a tinham desprezado e condenado. Acredito que de nossos pecados nascem as nossas doenças, mas apenas o perverso de coração será condenado.

A maioria de nós sofre no corpo consequências de pecados que não tiveram origem em nós, somos inocentes aos olhos do SENHOR Deus, enquanto temos a oportunidade de aprender um arrependimento mais profundo e significativo, enquanto lutamos de corpo e alma pela nossa cura divina.

“Deem o que está no prato como esmola e vejam como tudo lhes ficará limpo”.

Eu acredito em milagres!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

From Patient to Physician

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Espero que testemunhando os feitos do SENHOR Deus em nossa geração!

Hoje temos aqui um vídeo do pastor Joel Osteen falando sobre o importante tema da transformação divina.

Todos temos uma luta na vida, um tema de tensão e expressão sobre o qual esperamos a ajuda, a intervenção do SENHOR, nosso Deus.

Algumas famílias sofrem por causa do vício de drogas, por exemplo, tendo perdido alguns de seus membros, tragados pela morte que o acompanha. Outras padecem com a imoralidade e a devassidão. Temos ainda as casas cadavéricas por causa da ganância e cobiça financeira ou arruinadas pelas dívidas e má administração.

Todos precisamos da cura que procede do trono do Deus Altíssimo. E é aqui que precisamos aprender a grande lição: o SENHOR Deus somente permite o nosso sofrimento específico porque é somente assim que somos capacitados para ministrar a cura e a salvação do nosso Deus nessas mesmas áreas a outros.

O sofrimento do ímpio é castigo, mas o do justo é aprendizagem e treino, capacitação para boas obras.

No Reino do SENHOR Deus todo paciente um dia se torna médico.

Aprenda com o pastor Joel Osteen e que a graça de nosso Senhor Jesus, o Cristo, o transporte a uma nova consciência e tempo de vida!

Amamos vocês!

Acreditamos em vocês!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.

Deus lhe tem amor

Boa noite a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Que o SENHOR Deus intervenha, separe e ajunte com justiça, para que vocês desfrutem de verdadeira comunhão e paz nas festas de fim de ano!

Hoje temos mais um vídeo infantil do grupo 3 Palavrinhas, cantando o amor do SENHOR Deus.

Como é esse amor? É cuidado, é provisão, é proteção, é sustento em todos os níveis!

A promessa do SENHOR Deus é “eu cuidarei de vocês que me consideram, respeitam e amam”. Você tem coragem de se jogar nessas cordas celestiais?

O SENHOR Deus cuidará do justo! Em nome de Jesus, o Cristo, amém.

Boa nova semana!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, baterista.

A verdadeira sabedoria

Boa tarde a todos!

Como vão vocês e suas famílias? Que o amor de Jesus, o Cristo do SENHOR Deus, penetre o seu lar e corações!

Hoje vamos ler as Escrituras Sagradas mais uma vez. Que o SENHOR, Deus Eterno, nos dê entendimento a respeito da sua palavra. Em nome de Jesus, amém.

“Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo falou e a multidão ficou admirada. (…) [Mas alguns deles] o punham à prova (…).

Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: (…)

A rainha do Sul se levantará no juízo com os homens desta geração e os condenará, pois ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão e agora está aqui quem é maior do que Salomão. (…)

Ninguém acende uma candeia e a coloca em lugar onde fique escondida ou debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no lugar apropriado, para que os que entram possam ver a luz.

Os olhos são a candeia do corpo. Quando os seus olhos forem bons, igualmente o seu corpo estará cheio de luz. Mas quando forem maus, igualmente o seu corpo estará cheio de trevas. Portanto, cuidado para que a luz que está em seu interior não sejam trevas. Logo, se todo o seu corpo estiver cheio de luz e nenhuma parte dele estiver em trevas, estará completamente iluminado, como quando a luz de uma candeia brilha sobre você” (Lucas 11.14, 16a, 17a, 31, 33-36. NVI).

Associamos a luz à sabedoria, ao entendimento, ao intelecto, à visão…

Jesus, o Cristo, havia expulsado um demônio, que fazia ser mudo, e o ex-prisioneiro voltou a falar, para a admiração e espanto de toda a multidão.

Salomão ficou conhecido por sua grande sabedoria, mas quem pode se comparar com aquele que promove a completa libertação?

Salomão construiu um grande império, mas Jesus, o Cristo, transformou mentes e corações.

Há muitos de nós que, como a famosa rainha do Sul, têm sede da verdade e fazem tudo o que podem para encontrar respostas eternas. Existe uma obrigação que pesa sobre os seres humanos de encontrar a verdade, tanto que todos os pecados praticados se ancoram sempre em doutrinas mentirosas, pois sem palavras de suporte nada podemos fazer.

Aqui nesse contexto, Jesus nos ensina que os olhos são a candeia do corpo, de modo que olhos bons significam uma vida iluminada, enquanto olhos ruins, trevas interiores. O modo como enxergamos as coisas é determinado pela nossa condição total, de tal maneira que olhos maldosos apenas revelam a distância que tudo o mais está da comunhão com o SENHOR, Deus Pai.

Jesus nos faz um convite a buscarmos a sabedoria eterna e a luz íntima. A advertência contra a divisão caída se contrapõe à promessa de prosperidade: “se você for realmente brilhante como uma chama viva, não ficará escondido da glória permanentemente; se você for luz e revelação, será também colocado em um lugar de ampla visibilidade e profissão!”

Será que haverá um dia quando o fluir natural da minha vida será recebido como uma bênção para todos os povos? Ser recompensado abundantemente por exercitar a minha alma? Ter a minha biografia justificada pelo amor de muitos outros?

Por que a sabedoria é tão importante? Porque se eu for o que sou na plenitude da sabedoria e boa índole, então encontrarei o casamento da paz com a Igreja, o Cristo e o SENHOR, com a mais perfeita obra de felicidade e alegria.

“Eu só quero ser feliz!”

A felicidade é o sentimento da reconciliação verdadeira.

Quando seus olhos forem bons, saberemos que sua subjetividade também já foi restaurada; quando você tiver sido colocado na posição mais elevada pelo SENHOR Deus, saberemos que seu amor repousou sobre a Lei Verdadeira.

Olhos maliciosos, agressivos, perturbadores, inconvenientes, perniciosos e tolos… Cuidado! O pecado guardado antecipa a ruína e aprisiona à morte.

Quero gerar filhos de luz por meio desse trabalho aqui!

Deixem o SENHOR Deus amar vocês reciprocamente! E seremos uma comunidade infinita de candeias da perfeita luz!

A graça de Jesus, o Cristo, pode libertar! E em nome dele eu abençoo vocês!

Sejam libertos!

Atenciosamente,

Rafael Caldeira de Faria, teólogo, e o editor do blog Curados por Deus.